Home»Cidade»Ação conjunta: Guaçu, Mogi e Estiva fecham o comércio

Ação conjunta: Guaçu, Mogi e Estiva fecham o comércio

Autoridades se reuniram na tarde de ontem (20) e optaram por medida conjunta que entra em vigor a partir de segunda-feira

0
Shares
Pinterest WhatsApp

O comércio estará fechado a partir de segunda-feira (23) em Mogi Guaçu, Mogi Mirim e Estiva Gerbi. A decisão foi tomada na tarde de ontem (20) em reunião entre autoridades das três cidades. A medida constará de decreto de cada um dos municípios que será publicado neste sábado (21). A medida é valida por 15 dias. Na região, Itapira havia anunciado a mesma medida na noite de quinta-feira (19).

A exceção cabe aos postos de combustíveis, farmácias, hipermercados, supermercados e mercados, padarias e lojas que atendam às necessidades básicas dos animais. Todos devem adotar medidas visando evitar a aglomeração dentro ou fora dos estabelecimentos, como filas ou esperas no atendimento.

O objetivo da medida é fazer com que a população permaneça em casa o máximo de tempo possível. Portanto, não podem funcionar o comércio varejista em geral, bares, restaurantes, academias e ambulantes. O decreto também proíbe a entrada de hóspedes no setor hoteleiro, sob a pena de cassação do alvará de funcionamento.

De acordo com a Secretaria de Comunicação Social da Prefeitura de Mogi Guaçu, o decreto municipal permite a comercialização de produtos e alimentos on-line, por aplicativos, entregas rápidas no local ou delivery, atentando-se obrigatoriamente às medidas de higiene necessárias para evitar qualquer contaminação.

OUTROS

O decreto publicado neste sábado (21) limita em 20% a capacidade máxima dos velórios. A SSM (Secretaria de Serviços Municipais) já havia solicitado o máximo de 10 pessoas em cada uma das salas de ambos os velórios municipais. Com o decreto, a redução passa a ser uma obrigatoriedade. “As medidas contidas no decreto serão analisadas periodicamente e poderão ser revistas caso haja parecer técnico”, traz a nota da Comunicação Social. Afinal, este é o terceiro decreto municipal referente aos assuntos relacionados a Covid-19.

Previous post

Situação de emergência é decretada

Next post

Mogi Mirim terá Centro de Atendimento Respiratório