Home»Cidade»Alunos da rede estadual terão subsídio de 100%

Alunos da rede estadual terão subsídio de 100%

Tem direito ao benefício alunos que residem a mais de dois quilômetros da escola em que estão matriculados

0
Shares
Pinterest WhatsApp

A partir deste ano, os alunos que estudam na rede estadual de ensino terão subsídio de 100% no passe escolar. A mudança ocorre em decorrência de novo convênio estabelecido com o Governo do Estado que subsidia o transporte destes alunos. Até o ano passado o subsídio era de 90%.

Apesar de aumentar o percentual subsidiado, o Estado vai reduzir o número de beneficiados. Dos 1.800 contemplados com o passe escolar, este número cairá para cerca de 900 alunos. Isto porque, o Estado fará a triagem dos alunos que residem a mais de dois quilômetros das escolas e já repassará esta listagem para a Secretaria Municipal de Educação, que gerencia o transporte escolar.

O supervisor de ensino da Secretaria Municipal de Educação, Paulo Paliari, relata que as carteirinhas emitidas ano passado têm validade até o próximo dia 28. “A partir do momento que o Estado nos enviar a lista com a triagem é que saberemos quem serão os alunos que prosseguem com o benefício”, frisa. As aulas na rede estadual começaram na última quinta-feira (2).

Paulo
Paulo

Para os alunos da rede municipal, o subsídio segue sendo de 90%. Todavia, há critérios estabelecidos, sendo o principal a distância percorrida entre a casa e a escola. Ou seja, tem direito ao subsídio alunos que residam distantes a mais de dois quilômetros da unidade de ensino em que estão matriculados.

Paliari explica que existe a premissa de tentar encaixar o aluno na escola mais próxima de onde reside. Caso os pais não queiram que o filho estude na unidade oferecida pela Pasta, a família deve arcar com os custos do transporte. A exceção, segundo ele, cabe à Feg (Fundação Educacional Guaçuana) que tem alunos de várias regiões porque ingressam por sorteio de vagas. Desta forma, os pedidos de passe escolar para alunos da Feg também são avaliados considerando a distância da residência.

A tarifa de ônibus é de R$ 3,80, mas o trabalhador paga R$ 3,70 ao adquirir 50 unidades e para o estudante este valor cai para R$ 2,78, ou seja, é 75% do valor do passe trabalhador. No caso dos estudantes, o subsídio é de 90%. O talonário custa R$ 124,90 e o aluno paga apenas 10% deste valor: 13,88.

Previous post

Base Comunitária segue abandonada

Next post

Reeducandas do semiaberto pintam escola