Home»Caderno C»Antiquário: mistura de história e arte

Antiquário: mistura de história e arte

1
Shares
Pinterest WhatsApp

Espelhos venezianos, arte sacra barroca, prataria, peças de cristal, móveis e tapetes persas estão entre os produtos que compõem o Reserva Pessoal, antiquário que se instalou há pouco mais de dois meses em Mogi Mirim. A loja está instalada no Mogi Business Center, em Mogi Mirim. Vinda de São Paulo, onde funcionava desde a década de 80, a proposta é apresentar para a cidade e região um novo conceito de decoração e presentes.

Antiquário Mogi MirimVisitar cada um dos espaços do antiquário é passear pela história e pela arte. Afinal, há peças do século XVIII nacionais e importadas. Um dos destaques é uma gaiola em madeira réplica de uma peça única fabricada na Indonésia. Destaca-se também a Nossa Senhora do Rosário, peça do século XVIII, um exemplar da arte barroca. Há muito a apreciar no Reserva Pessoal que, segundo a gerente Claudia Gonçalves, já caiu no gosto de arquitetos e decoradores de toda a região.

Esta busca por peças únicas para decoração mostra que não é todo o setor que está em crise. Mesmo porque quem opta por decorar ambientes com antiguidades sabe que não se trata de uma compra, mas de um investimento. Afinal, um belo baú revestido em couro, peça que se destaca na decoração do quarto, quando colocado aos pés da cama, é vendido por R$ 1,9 mil. A se considerar a qualidade do material, o valor não é o grande destaque. O mesmo acontece com outras peças, entre as quais, uma antiga luneta, com valor de R$ 200.

Claudia ressalta que, apesar desta procura por decoradores e arquitetos, ainda falta as pessoas olharem para o antiquário enquanto uma loja que também oferece oportunidades diferenciadas de artigos de presente. “Imagine dar uma luneta para um amigo que sabe o valor desta peça? Vai adorar”, exemplifica. E ela enfatiza que os preços são os mais variados possíveis, como uma taça por apenas R$ 15. Há ainda os espelhos venezianos que estão em alta na decoração de interiores. Os quadros são outros destaques. Há peças em vários estilos, como serigrafias.

Antiquário Mogi Mirim

A Reserva Pessoal surgiu de um apreço de Isabel Gazola por arte. E chega a Mogi Mirim por meio da família da matriarca que decidiu confiar no bom gosto dos interioranos.

Antiquário Mogi MirimAntiquário Mogi MirimAntiquário Mogi MirimAntiquário Mogi MirimAntiquário Mogi MirimAntiquário Mogi MirimAntiquário Mogi MirimAntiquário Mogi Mirim

Previous post

Morre rapaz espancado na Av. Oscar Chiarelli

Next post

Três são presos por tráfico no Ypê Pinheiro