Home»Destaque na Home»Após assalto, comerciante pede policiamento

Após assalto, comerciante pede policiamento

Dois homens armados invadiram o estabelecimento comercial, renderam funcionários e fugiram em seguida

0
Shares
Pinterest WhatsApp

A ação dos bandidos durou cerca de três minutos e foi suficiente para assustar os funcionários e o proprietário de um estabelecimento comercial na Avenida Bandeirantes, no Jardim Ypê Pinheiro. O assalto aconteceu há uma semana, quando dois bandidos invadiram o comércio por volta das 7h30 do último sábado (20). Nesse horário, os funcionários se preparavam para iniciar os trabalhos e foram surpreendidos pelos assaltantes.

Um dos assaltantes empunhava duas armas e durante toda a ação, eles ameaçaram os funcionários e tentaram roubar o comerciante Hugo Leonardo Bontempo, que conseguiu correr ao perceber a entrada dos bandidos. “Eles chegaram numa moto Titã preta e já entraram gritando que era um assalto. Eles apontavam as armas para os meus funcionários e chutaram as gavetas atrás de dinheiro. Eu consegui correr para a rua. Eles levaram uns trocos que tinha na gaveta e uma bolsa da loja que não tinha nada de valor. Apenas dois cadernos com anotações dos clientes da loja”, comentou Bontempo que trabalha com calhas.

hugo reclamacao roubos av bandeirantesO comerciante assistiu as imagens das câmeras de segurança dos comércios vizinhos e verificou que a ação dos assaltantes foi rápida e agradece por nada de mal ter acontecido com seus funcionários. “O ladrão estava com duas armas de uma vez e apontava para a cabeça do funcionário e todos nós ficamos com muito medo de algo pior acontecer, pois você nunca sabe o que passa na cabeça desses bandidos”, relatou.

Segundo o comerciante, os comércios da região têm sido alvo com frequência dos bandidos, sendo que semanalmente ocorrências são registradas. “Esse é um trecho que tem bastante comércio e sempre um assalto é registrado por aqui. O policiamento é tímido e não inibe a ação desses bandidos”, ressaltou.

Após render os funcionários e não localizar dinheiro, os dois assaltantes chegaram a disparar dois tiros na rua antes de fugiram em uma moto. “Já sabemos que a placa da moto é fria e a Polícia Militar esteve por aqui, fez patrulhamento, mas não localizou ninguém. Pelas imagens, os bandidos foram reconhecidos pelos policiais”, contou o comerciante que ainda mostrou para a reportagem uma touca ninja que foi deixada para trás por um dos assaltantes.

Bontempo pede que o policiamento seja reforçado na região, principalmente em horários de maior movimento e em dias de pagamento. Para ele, nem os sistemas de monitoramento instalados pelos comércios têm inibido a ação dos bandidos. “Agora está pior. Nem as câmeras estão intimidando os bandidos. Por isso, precisamos de um policiamento maior por aqui”, pediu o comerciante.

touca  deixada local reclamacao roubos av bandeirantes

Reforço

A Gazeta falou sobre a reclamação do comerciante com o comandante da 1ª Cia da PM, capitão Eduardo Jorge Marques. Ele informou que a maioria dos registros de roubo a estabelecimento comercial é no período da tarde e noite. “Nos finais de semana, no período da manhã, são pontuais, mas iremos intensificar o patrulhamento na região”, reforçou.

Já a secretária de Segurança, Judite de Oliveira, disse que vai pedir o reforço do policiamento para as equipes que patrulham a região. “Vou falar com o sub comandante para que ele peça as equipes esse reforço ainda hoje (26)”.

Previous post

Templo da cultura mogimiriana, Centro Cultural será reformado

Next post

Todas as UBSs terão cercas de arame de concertina