Home»Cidade»Após reforma creche retoma aulas dia 17

Após reforma creche retoma aulas dia 17

0
Shares
Pinterest WhatsApp

A diretoria do Casmoçu (Centro de Ação Social de Mogi Guaçu), responsável pela creche “Hanne Saad Noumi”, no Jardim Planalto Verde, prevê que a retomada das aulas aconteça no próximo dia 17. Isto porque, o início das aulas marcado para segunda-feira (3) foi adiado por conta de problemas no telhado que resultaram em infiltração nas salas. O local atende 124 alunos e os pais foram avisados em reunião de toda a situação e até mesmo da falta de recursos para realizar os reparos em 100% do telhado.

De acordo com a gerente administrativa do Casmoçu, Maria do Carmo dos Santos Alves, apenas o reparo no telhado custará R$ 4,7 mil. O conserto foi iniciado quarta-feira (4) por uma empresa especializada. A pintura das salas de aulas, assim como o revestimento de parte das paredes, coube à equipe de manutenção do Casmoçu. “Mas queria ressaltar que se não fosse ajuda dos pais, nós não teríamos conseguido. Eles (pais) estão doando material e tinta porque sabem das dificuldades que foram expostas na reunião sobre o adiamento das aulas”, detalha.

O problema no telhado é atribuído ao desgaste natural da estrutura que sofre com a ação do tempo. Isto porque, as ripas de madeira envergaram e, com isto, as telhas não conseguiram conter a água da chuva que alagou a laje chegando às salas e escorrendo pelas luminárias. O bolor tomou conta das paredes. A gerente frisa que será feito o reparo da parte mais crítica porque não há recursos para toda a obra que foi orçada em mais de R$ 40 mil. “Fazemos nossos eventos para arrecadar fundos, mas no início de ano não temos nada em caixa”, pontua.

A diretoria do Casmoçu pretende contar com a ajuda de empresários locais para conseguir realizar a melhoria em todo o telhado. Vale ressaltar que o problema foi observado após a chuva do último dia 29. O Casmoçu é o responsável pela administração de outras quatro creches, são elas: Casa da Criança (Jardim Centenário), Marilene Ferreira Mamede Franco (Jardim Boa Vista), Clotilde Miachon Bueno (Boa Esperança) e Padre Longino (Jardim Santa Terezinha). As cinco unidades somam cerca de 700 alunos.

Previous post

DER está em fase de levantamento de dados e cadastro de áreas

Next post

Caminhão bate em carro e deixa feridos