Home»Artigos»Artigo: A pergunta que irrita Bolsonaro

Artigo: A pergunta que irrita Bolsonaro

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Bolsonaro se irritou com jornalista que lhe perguntou sobre os vários depósitos que Queiroz fez à Michelle, sua esposa. O Estadão (25/8) publicou Editorial sob o título “A pergunta que aborrece o presidente”, no qual o jornal comenta essa irritação: “Não é nada fácil ser moderado quando se é Jair Bolsonaro. Para quem fez carreira política na base da ofensa explícita a adversários e ao decoro (sic), interpretar um personagem discreto e ponderado como o que o presidente incorporou na últimas semanas deve demandar um esforço quase sobre-humano. Mas a natureza, cedo ou tarde, se manifesta, e o presidente Bolsonaro voltou a ser quem sempre foi, ao dizer a um jornalista que estava com “vontade de encher a tua boca com uma porrada (sic)”. Tudo porque o repórter lhe havia feito uma pergunta incômoda. (…) Que pergunta foi essa, afinal, que causou reação tão truculenta (sic) de um presidente que, conforme a crônica política de Brasília, havia se metamorfoseado em democrata de uns dias para cá? O repórter, do jornal O Globo, perguntara a Bolsonaro que explicação ele tinha para os depósitos de R$ 89 mil em cheques na conta da primeira-dama Michelle Bolsonaro, feitos por Fabrício Queiroz e pela mulher deste, Márcia Aguiar. (…)

Fabrício Queiroz, como se sabe, é o pivô do escândalo da “rachadinha”. (…) Segundo a investigações, Fabrício Queiroz e sua mulher, Márcia Aguiar, depositaram na conta de Michelle vários cheques, com valores entre R$ 2 mil e R$ 3 mil, totalizando R$ 89 mil (sic). Foi essa movimentação que atiçou a curiosidade do repórter que irritou Bolsonaro: afinal por que Michelle Bolsonaro recebeu esses cheques (sic) de um suspeito de lavagem de dinheiro? (…) Sempre que trata do assunto, o presidente se aborrece. Como “explicação”, já disse que se tratava do pagamento de um empréstimo feito por ele a Queiroz, no valor de R$ 40 mil, e que coube à primeira-dama descontar os cheques porque não tinha tempo de ir ao banco.

No final do ano passado, quando questionado por um repórter se tinha algum comprovante do tal empréstimo a Queiroz, Bolsonaro respondeu: “Ô rapaz, pergunta pra tua mãe o comprovante ela deu pro teu pai, tá certo?”. (…) Se tivesse uma boa explicação, o presidente certamente já a teria dado, sem recorrer à selvageria (sic). Como aparentemente não tem, faz o que sabe fazer melhor: parte para a intimidação. É inútil, pois a pergunta incômoda continuará a ser feita, até que haja um resposta convincente (sic) – dada ou pelo presidente ou pela Justiça!”

Que estes depósitos à Michelle Bolsonaro são estranhos, realmente são! Muito estranhos…

Em Tempo: Justiça do Rio proíbe Globo de exibir dados de investigação sobre Flávio Bolsonaro. Josias de Souza: “Censura deixa Flávio Bolsonaro inteiramente nu”.

 

Jasson de Oliveira Andrade é jornalista em Mogi Guaçu

Previous post

Eleitor que apresentar algum sintoma poderá justificar

Next post

Covid-19: Cidade chega a 70 óbitos