Home»Artigos»Artigo: Bolsonaro x Dória

Artigo: Bolsonaro x Dória

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Dória era aliado de Bolsonaro. Na eleição, ele adotou o lema: Bolsodória. Agora, estão rompidos e a briga está feia. O Estadão noticiou: Bolsonaro pede “jogo pesado” (sic) contra Dória. Em resposta, o governador de São Paulo pegou pesado: “Comece a ser um líder, se for capaz, reage governador – O governador de São Paulo, João Dória (PSDB) reagiu às declarações de Jair Bolsonaro e cobrou que o presidente “comece a ser um líder. Hoje [14/5), mais uma vez, o presidente da República perde a chance de defender a saúde e a vida dos brasileiros. São Paulo está lutando para proteger vidas”.

O governador disse que Bolsonaro “despreza vidas” Ele prefere fazer comícios, andar de jet-ski, treinar tiros e fazer churrasco. Enquanto isso, milhares de brasileiros estão morrendo todos os dias. Acorde para a realidade, presidente Bolsonaro. Saia da bolha de ódio (sic) e comece a ser líder, se for capaz. (…) Dória deixou mais uma vez um “convite” ao presidente: “Em vez de pedir para jogar pesado contra São Paulo, jogue a favor do Brasil”, afirmou o tucano.”

Oscar Schmidt, grande astro do basquete, se arrepende do voto em Bolsonaro: despreparo danado. “Eu achei que seria diferente”, admite. “É muita loucura, muita burrice”, diz Janaina Paschoal ao defender a renúncia de Bolsonaro”. Até tú, Janaina Paschoal! Prefeito de Manaus: “Bolsonaro é cretino, nojento e assassino”. Arthur Virgílio acusa o presidente de ser responsável por milhares de mortes. Sem comentário!

O jornalista Josias de Souza diz: “Família [filhos] virou uma ameaça ao mandato de Bolsonaro”. Será? A conferir! Uma notícia que se tornou comum no governo Bolsonaro: Após processo de “fritura” (sic), Regina Duarte deixa Secretaria da Cultura.

Em Editorial, sob o título “O verdadeiro Bolsonaro”, o Estadão (20/5) analisa o governo: “O presidente Jair Bolsonaro tem atraído cada vez menos simpatizantes para as manifestações antidemocráticas organizadas pelos camisas pardas do bolsonarismo. (…) O problema, para o presidente, é que os desinformados são cada vez menos numerosos – a grande maioria já sabe muito bem quem Bolsonaro é”.

Só resta ao governo Bolsonaro, como disse Dória, começar a ser líder. Ou como já escrevi: Está na hora dele governar. Afinal de contas foi para isso que foi eleito!

 

Jasson de Oliveira Andrade é jornalista em Mogi Guaçu         

Previous post

Moradores de rua são esfaqueados por colega

Next post

Para dono de agência, retomada do setor será lenta