Home»Caderno C»Cinemark e Cineflix fecham suas salas em Mogi Guaçu

Cinemark e Cineflix fecham suas salas em Mogi Guaçu

0
Shares
Pinterest WhatsApp

As medidas de prevenção para conter a pandemia do novo coronavírus no Brasil incluíram os cinemas, com o fechamento de mais de 1.000 salas em todo o país até o final de março. O governador João Doria determinou o fechamento de museus, bibliotecas, teatros e centros culturais do Estado de São Paulo por até 30 dias. Também foi recomendado para o setor privado de entretenimento (teatros, cinemas e casas de espetáculo, entre outros) que mantenham os estabelecimentos fechados pelo mesmo período.

Em nota, a rede Cinemark, que mantém salas no Boulevard Shopping, confirmou a suspensão de seus serviços e o fechamento temporários de todos os seus cinemas no Brasil. “Todos os dias, recebemos milhares de pessoas em nossas salas de cinema. Para nós, oferecer a cada um de vocês um conteúdo incrível e uma experiência única e deliciosa é o que nos move por aqui. Acreditamos que o cinema é a última tela que nos une e que essa união faz a diferença em nossas vidas, nos dá motivos para conversarmos e termos momentos inesquecíveis juntos. Em um momento em que o isolamento é fundamental, com certeza nos resguardarmos é o maior ato de união que podemos ter. Por isso, diante da situação do coronavírus no país, a Cinemark informa que, em função dos esforços para a contenção da Covid-19 e seguindo a decisão de autoridades estaduais e municipais, estamos suspendendo as nossas operações temporariamente. Ressaltamos que tomamos essa decisão para zelarmos pela sua saúde e bem-estar e também dos nossos colaboradores. Como é um quadro de mudanças constantes, seguiremos respeitando as orientações das autoridades de saúde e esperamos reabrir em breve, ansiosos por recebê-lo para que as nossas salas voltem a ser o destino de momentos incríveis”, informou em nota encaminhada à imprensa.

Já a rede Cineflix suspendeu as sessões após a confirmação do fechamento do Buriti Shopping, a partir deste sábado, assim como também aconteceu com o Shopping Boulevard Rio. Os centros comerciais optaram pela suspensão das atividades após recomendação feita pelo prefeito Walter Caveanha (PTB), em virtude das medidas de prevenção contra o coronavírus na cidade. “Pedimos desculpas aos nossos clientes, mas entendemos que é necessário agir com prudência neste momento, a saúde de todos é nossa prioridade. Seguimos em contato com as autoridades para acompanhar os esforços pela contenção do Coronavírus”, traz um comunicado no site oficial da rede.

Previous post

Prefeito de Itapira é o primeiro a fechar o comércio

Next post

Tome Nota da edição deste sábado, 21