Home»Caderno Multi»Com gêmeos, família Oliveira tem trabalho dobrado

Com gêmeos, família Oliveira tem trabalho dobrado

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Os irmãos João Vitor e Júlia estão matriculados no 3º ano do ensino fundamental I. São gêmeos e têm oito anos. Ou seja, as tarefas escolares na casa da família Oliveira são em dobro. E a mãe, Rosângela Lôra da Costa Oliveira relata dificuldade em imprimir o material semanal que é enviado. E comenta que o menino reclama que está tudo muito repetitivo.

O gasto para imprimir cada página é de R$ 0,50 e há semana em que Rosângela tem que imprimir 17 folhas para cada um dos filhos. Sem condições financeiras de bancar os custos, ela conseguiu ajuda na empresa em que trabalha como diarista. Por lá imprimem tudo que os gêmeos precisam para estudar. “Ainda bem que tenho esta ajuda, senão ficaria difícil”, comenta.

A rotina de estudos com os gêmeos acontece pela manhã. Uma das irmãs também ajuda os pequenos na tarefa. A mãe conta que opta por imprimir o material porque é difícil ler as letrinhas pequenas pelo smartphone. E a família não possuiu computador. “É um conteúdo básico, mas quando a gente tem dificuldade a professora atende pelo WhatsApp”, conta falando sentir a necessidade de vídeo-aulas. A mãe diz que no seu entender, a Prefeitura deveria ter fornecido material impresso porque ficaria muito mais fácil para os pais. “Conheço muitos pais que têm a mesma dificuldade que eu tenho”, reforça.

Os filhos também desempenham outras tarefas que exigem a gravação em vídeo para ser remetida à professora, assim como a leitura de textos sugeridos.

Previous post

Tome Nota da edição de sábado, dia 6

Next post

Editorial: O novo assusta