Home»Cidade»Comércio não essencial quer abrir aos sábados

Comércio não essencial quer abrir aos sábados

0
Shares
Pinterest WhatsApp

A Acimg (Associação Comercial e Industrial de Mogi Guaçu) já sinalizou à Administração Municipal o desejo de abrir as lojas aos sábados. O assunto será pauta esta semana de reunião entre as partes.

Mas vale lembrar que o município deve seguir ao Plano São Paulo e a região se enquadra na fase 2 (laranja), onde o comércio de rua, shoppings, imobiliárias, concessionárias e escritórios têm a opção de funcionar cinco dias da semana por quatro horas ou quatro dias da semana por seis horas.

O Município optou pela segunda opção, com abertura de terça a sexta-feira, do meio-dia às 18 horas para o comércio de rua, imobiliárias, escritórios e concessionárias, enquanto shoppings e boulevard permanecem abertos das 13 às 19 horas.

A única opção de abrir as lojas aos sábados, enquanto a cidade não avança de fase no Plano São Paulo, seria trocar a abertura às terças-feiras pelo funcionamento aos sábados. Mas, o desejo dos empresários do setor é o de reduzir uma hora por dia de funcionamento e compensar este horário abrindo aos sábados.

Qualquer outra mudança só mesmo quando a região do DRS (Departamento Regional de Saúde) de São João da Boa Vista chegar à fase amarela.

 

Previous post

SOV inicia instalação de pontos de ônibus na Alíbio Caveanha

Next post

Covid-19: Mini lockdown termina e sem sucesso nas taxas de isolamento