Home»Caderno Multi»Dia dos Pais: Cozinheiro fica mais tempo com os filhos

Dia dos Pais: Cozinheiro fica mais tempo com os filhos

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Antes da pandemia, o cozinheiro e assador André Oliveira, de 38 anos, tinha uma rotina corrida por conta dos aniversários, confraternizações e eventos corporativos que realizava aos finais de semana com sua Pit Smoker, que é uma defumadora. Já durante a semana, o cozinheiro se dedicava as preparações dos pratos que iria executar nas festas, e, além disso, a cada dois meses, viajava com uma equipe chamada Canal do Rango e a cada três meses trabalhava nos cursos da King’s Barbecue como assador dos chefs que ministravam os cursos.

O resultado de tudo isso é que sempre sobrava pouco tempo para ele curtir os filhos, Murilo, de 5 anos, e Giovana, de 3 anos. “Eu sentia muita saudade, mas eu precisava trabalhar, pois era desses eventos que vinha o meu sustento para eles”, pontuou André.

Com a quarentena, os eventos foram cancelados e a vida agitada do cozinheiro foi brecada e reinventada dentro de casa, onde ele trabalha com encomendas de defumados. Murilo e Giovana também tiveram a rotina modificada com a suspensão das aulas. Para André, há males que vem para o bem.

Isso porque, desde então, ele passou a ficar mais tempo com os filhos que precisariam mesmo ficar com alguém, já que a mãe continua em uma rotina profissional corrida e a escola segue sem aulas. “Apesar de ser um momento difícil para todos nós, eu estou conseguindo ficar com eles e tem sido um tempo único. Eles me ajudam a trabalhar e compartilhar momentos com eles é maravilhoso”, enfatizou o cozinheiro que afirmou que a presença constante dos filhos em casa é o seu maior presente neste Dia dos Pais.

Previous post

Tome Nota da edição de sábado, dia 8

Next post

Oposição promete denunciar investimento ao MP