Home»Destaque na Home»Emendas impositivas para HM e Santa Casa serão repassadas

Emendas impositivas para HM e Santa Casa serão repassadas

Rodrigo Falsetti fez a cobrança e vereador Luciano da Saúde confirmou o pagamento

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Entre as cobranças feitas em tribuna na sessão da última quarta-feira (22), os vereadores falaram sobre as emendas impositivas destinadas para a Santa Casa e também para o Hospital Municipal “Dr. Tabajara Ramos”. Os vereadores defendem que os recursos sejam disponibilizados o quanto antes, a fim de que os hospitais possam utilizar os recursos para as ações de enfrentamento do novo coronavírus.

O presidente da Câmara, Rodrigo Falsetti (Cidadania) apresentou um requerimento pedindo informações sobre a destinação de emendas impositivas para a Santa Casa. O vereador falou sobre o assunto e comentou que a entidade precisa dos recursos por conta da pandemia. “Precisamos dar uma posição para a Santa Casa sobre a liberação das emendas, pois os valores estão sendo esperados pela direção da Santa casa, principalmente para reforçar os atendimentos devido à Covid-19”.

O vereador Natalino Tony Silva (PSDB) lembrou que emendas também foram destinadas para o Hospital Municipal e entende que esse é o momento para que o Executivo Municipal faça os repasses. “É hora de ajudar a população nesse momento de pandemia”, comentou.

Já o vereador Guilherme de Sousa Campos, o Guilherme da Farmácia (Cidadania), comentou que somente ele destinou uma emenda no valor de R$ 200 mil para a Santa Casa e cobrou um posicionamento da Prefeitura. “O prefeito tem por obrigação pagar até 31 de dezembro de 2020, mas estamos pedindo a antecipação desses montantes por conta da situação”, pediu em tribuna.

Os vereadores Jéferson Luís da Silva (PSDB) e Fábio Aparecido Luduvirge Fileti (PSDB) também cobraram agilidade por parte do Poder Público, a fim de que todas as emendas destinadas para a Santa Casa e Hospital Municipal sejam liberadas o quanto antes. A boa notícia foi dada pelo vereador Luciano Firmino Vieira, o Luciano da Saúde (PL). Ele garantiu que a Prefeitura já agendou o pagamento das emendas para os hospitais. “A Prefeitura assumiu o compromisso de fazer as emendas em duas parcelas, sendo 15 de maio e 15 de junho. Se houver fluxo de caixa, paga antes”, ressaltou.

Previous post

Alimentos: consumidores denunciam supermercados

Next post

Chico Mendes: reforma é orçada em R$ 351 mil