Home»Cidade»Estado rescinde contrato com empreiteira que construía escola

Estado rescinde contrato com empreiteira que construía escola

A construção da escola foi paralisada no ano passado e Estado não confirma novas datas para a retomada

0
Shares
Pinterest WhatsApp

O Governo do Estado rescindiu o contrato com a empresa responsável pela construção do prédio escolar no Distrito de Martinho Prado Júnior. Os motivos do rompimento não foram revelados, sendo que a assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Educação limitou-se a informar que haverá nova licitação, porém sem revelar datas.

A construção da escola foi paralisada no segundo semestre do ano passado e a previsão de entrega era março deste ano. Com investimento de R$ 4 milhões, a obra foi iniciada em julho de 2018 e já tinha no sofrido outras interrupções.

Uma nova escola é fundamental para o distrito porque possibilitará desafogar a Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) “Professor Geraldo Sorg”, que compartilha o ensino fundamental, que é ofertado pelo município, com o ensino médio gerenciado pelo Estado.

Previous post

Transporte coletivo: com 50% da frota, serviço é deficitário

Next post

TST reconhece atuação de auxiliares de educação inclusivas