Home»Cidade»Fase amarela: Semana de retomada para vários setores

Fase amarela: Semana de retomada para vários setores

0
Shares
Pinterest WhatsApp

O início da semana chega marcado pela retomada das atividades para setores que ficaram fechados nos últimos meses em decorrência da pandemia, como é o caso das academias.  Mas também representa uma nova etapa para o comércio de rua, shoppings e boulevard com horários mais amplos, apesar de ainda restritivos.

“Foi extremamente gratificante e prazeroso poder receber as pessoas mesmo seguindo todos os protocolos de atendimento”, comenta o educador físico Diego Galo, proprietário de uma academia. Ele ressalta que esta etapa representa uma luz no fim do túnel porque trabalha com vida, saúde e bem estar. “Só de poder estar promovendo isto para s pessoas faz sentido para minha vida, para o meu trabalho porque foi a profissão que escolhi”, acentua.

 

 

Retomar as atividades depois de quatro meses é visto como algo libertador pelo educador físico, apesar de ainda não poder atende a todos diante das restrições impostas pelo protocolo. A situação não é compreendida pelos alunos porque entendem que o horário restrito vai contra o objetivo de evitar aglomeração. As academias podem funcionar de segunda a sexta-feira, das 7 às 10 horas e das 18 às 21 horas, e aos sábados, das 7 às 13 horas. Ainda assim com capacidade 30% limitada e  agendamento prévio com hora marcada.

Já para quem trabalha no ramo de bar, lanchonete e restaurante, porém com atendimento representativo à noite, a fase amarela ainda não muda a rotina, como explica o proprietário de uma lanchonete Samuel Profeta de Almeida. O empresário segue trabalhando com delivery e com a expectativa de abrir  até às 22 horas, a partir do dia 22.

“Normalmente eu trabalho com 25 mesas no espaço interno da choperia, vamos reduzir para 10. Vamos disponibilizar álcool em gel e quando chegar novos clientes vamos higienizar tudo na frente do mesmo”, comenta. Profeta comenta que fica apreensivo com o fato de ter de lembrar o cliente de que é hora de ir embora e espera contar com a compreensão porque terá de agir desta maneira.

“É tudo muito novo, vamos ter que nos adaptar e sermos firmes com o público. Faço parte do Movimento Saída Consciente que visa evitar o aumento de números de infectados e óbitos pela Covid19 e estamos em campanha para que todos os comerciantes sigam aos protocolos. Nosso objetivo é passar para a fase verde o mês que vem, se cada um fizer sua parte vamos conseguir”, pontua.

Os restaurantes, bares e lanchonetes podem funcionar de segunda-feira a domingo das 11 às 17 horas. Fora deste horário, estes locais podem seguir com o atendimento delivery. Todos devem respeitar os 40% de ocupação do local, manter o máximo de seis pessoas por mesa e o distanciamento de dois metros entre as mesas. Os clientes deverão estar sentados e está proibida a colocação de mesas em calçadas. Os locais devem ser mantidos com portas e janelas abertas.

 

 

Previous post

GAZETA GUAÇUANA, 8 de agosto de 2020

Next post

Covid-19: Mais 17 casos positivos são confirmados