Home»Polícia»Funcionária de agência é acusada de furtar R$ 70 mil

Funcionária de agência é acusada de furtar R$ 70 mil

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Uma mulher de 38 anos está sendo investigada por se apropriar indevidamente de mais de R$ 70 mil da empresa que prestava serviços como contato publicitário. A vítima, a proprietária da agência de publicidade e marketing de Mogi Mirim, só teve ciência do desfalque ao ser indagada por seu escritório de contabilidade referente ao alto valor. A funcionária da agência teria dito ao escritório que acertaria o valor diretamente a proprietária da agência.

A vítima procurou a Polícia Civil nesta semana para relatar o crime. Segundo ela, a funcionária trabalhava na agência desde 2016 e inspirava total confiança, sendo atribuído a ela, inclusive, o controle do departamento financeiro. A vítima contou que o valor ultrapassa R$ 73.000,00, tendo diversos documentos que comprovam a ação da funcionária, inclusive confissão em conversa por aplicativo de mensagens.

Ao tomar conhecimento do desfalque, a proprietária da agência iniciou uma investigação ao analisar os dados da movimentação bancária da empresa, e acabou descobrindo que a acusada chegou a colocar suas contas pessoais em débitos automáticos na conta corrente da empresa. Além de fazer diversos adiantamentos salarias, sem qualquer autorização.

A vítima contou que passou por problemas de saúde e possuía na então funcionária total confiança. Ao ter todas as provas reunidas, chamou a funcionária e a dispensou por justa causa no final de janeiro. A autora do crime que prestava serviços em Mogi Mirim é moradora em Mogi Guaçu e deverá responder o crime baseado no artigo 168 do código penal.

Previous post

Lanzi: Empresa dá baixa em carteira de funcionários

Next post

Tome Nota da edição de sábado, dia 22