Home»Destaque na Home»Guaçuano participa de programa que oferece educação política

Guaçuano participa de programa que oferece educação política

Leonardo gosta de política e já visitou o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Mogi Guaçu está sendo representada pelo estudante Leonardo Matielo, 17 anos, no programa embaixadores Politize. A ONG forma multiplicadores de conteúdo sobre como funciona o sistema democrático brasileiro. A ideia é que os embaixadores estejam aptos a disseminar informações apartidárias, como onde encontrar os programas de governo de cada candidato e o que fazem os três Poderes.

Um processo de seleção é feito e Leonardo Matielo é o único representantes de Mogi Guaçu. “Sou apaixonado por política desde os 9 anos, soube do processo seletivo para o programa de embaixadores e soube, recentemente, da minha aprovação neste programa para representar Mogi Guaçu”, comentou.

Segundo informações da ONG, o projeto de 2020 sofreu uma inovação na formação dos embaixadores, pois foi criada uma jornada de conhecimento online baseada no modelo de liderança do Politize!, que visa formar uma nova geração de lideranças públicas no país. “Os selecionados para essa jornada terão acesso a diversos conhecimentos teóricos e práticos sobre política, democracia e cidadania. Durante a jornada, terão a missão de multiplicar muitas atividades, se desenvolvendo enquanto liderança pública e democratizando o acesso ao conhecimento político”, explica a ONG em seu texto de apresentação.

Para o jovem Leonardo, a formação é mais uma etapa de sua formação, pois ele já tem atuado no município como multiplicador de informações sobre política. “Esse programa visa a educação política e desde os meus 9 anos gosto e acompanha a política. Sempre tive meus candidatos e debati sobre o tema. Acompanho as sessões da Câmara e tenho muito interesse no assunto”, ressaltou Leonardo, que desde o ano passado está filiado no PSDB.

Segundo ele, o gosto pela política fez com que diversos partidos o procurassem, a fim de desenvolver um projeto voltado aos jovens. Leonardo optou pelo PSDB e está planejamento criar o diretório provisório da Juventude. “As reuniões não puderam ser feitas por conta da pandemia, mas estamos discutindo a estruturação e depois colocar em prática o projeto”.

Leonardo já até recebeu convite para sair candidato a vereador, mas deixou claro que, no momento, tem interesse em se aprofundar no assunto. “Tenho intenção de continuar da política, mas envolvido nos projetos sem ser candidato neste momento”, ressaltou.

Após a formação pela ONG Politize!, Leonardo quer colocar em prática o que aprendeu visitando escolas e instituições que tenham interesse no tema política. “Pode ser feito um trabalho nas escolas envolvendo a Câmara ou qualquer outra instituição que tenha interesse em política”.

O estudante avalia que os espaços para os jovens na política só foram abertos recentemente e, por isso, a formação e o interesse pelo assunto são primordiais. “Não tinha espaço antes. Agora, o Fabinho (vereadores e presidente do PSDB) me deu essa oportunidade. Antes da pandemia, o Rodrigo (vereadores e presidente da Câmara) fez o projeto Conselho Municipal da Juventude”, comentou sobre os projetos em andamento.

 

Programa

Por meio do programa Embaixadores Politize!, a ONG tem formado jovens líderes responsáveis por discutir a pluralidade, a empatia, o protagonismo e o conhecimento político em diversas comunidades do país. Segundo o site do projeto, o programa formou mais de 300 voluntários comprometidos com a democracia no Brasil em dois anos de atuação.

Previous post

Entidades: readequação do trabalho garante repasse

Next post

Gripe: 3ª fase da campanha de vacinação começa 2ª feira