Home»Destaque na Home»Kits de alimentos começaram a ser entregues

Kits de alimentos começaram a ser entregues

Além dos kits com alimentos da merenda, o município recebeu uma doação da IP de cestas básicas

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Na última quarta-feira (22), a Prefeitura iniciou a distribuição dos kits de alimentos com itens da merenda escolar aos alunos pertencentes às 1.164 famílias inscritas no Cadastro Único com perfil do programa federal Bolsa Família, ou seja, com renda per capita de até R$ 178,00

Os locais e horários estão sendo informados pela Secretaria de Educação. A retirada acontece nas unidades escolares, seguindo o cronograma de agendamento iniciado já na semana passada. “Para não ocorrer tumulto e filas, a Secretaria de Educação procurou diluir a entrega ao longo do dia”, avisou a Secretaria de Comunicação Social.

Foi reforçado e solicitado para que as pessoas respeitem as orientações repassadas, a fim de evitar tumulto e aglomeração. Segundo a Prefeitura, a doação só foi possível por causa da publicação, no Diário Oficial da União, da lei 13.987 de 7 de abril de 2020, alterando a Lei nº 11.947, de 16 de junho de 2009, que autorizou, em caráter excepcional, durante o período de suspensão das aulas, a distribuição de gêneros alimentícios adquiridos com recursos do PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar) aos pais ou responsáveis dos estudantes das escolas públicas de educação básica.

De acordo com a Secretaria de Educação, apenas na quarta-feira foram entregues aproximadamente 600 kits. Os kits de alimentos irão conter açúcar, arroz, feijão, leite em pó, óleo, sal, farinha de milho, vinagre, doce de leite ou de goiaba, amido de milho, bolacha salgada, bolacha de maisena, bolacha de leite, suco de morango ou tangerina, gelatina de morango ou de cereja.

Sobre a cobrança dos vereadores, a Prefeitura, por meio da assessoria de imprensa, informou que estão sendo priorizadas a entrega dos kits, que deve ser encerrada até a próxima quinta-feira (30). Com relação às famílias não cadastradas, a Secretaria de Comunicação informou que foi feita uma consulta jurídica sobre o tema, a fim de verificar a situação por tratar-se de ano eleitoral. “Pela Promoção Social já foi feita a distribuição de 337 cestas de alimentos”. Também foi informado que a carne congelada armazenada pela Secretaria de Educação não daria para uma semana de aula. Por isso, a Prefeitura optou por fazer a doação para algumas entidades e ficou de informar a quantidade e quem seriam os beneficiados. “E sobre itens de limpeza, são produtos comprados em galão, por exemplo, o que dificulta o fracionamento. Por ora, a distribuição está descartada”.

 

Doação

A Prefeitura recebeu na quarta-feira cestas básicas de alimentos doadas pela multinacional International Paper. Os donativos entregues ao Fundo Social de Solidariedade vão compor a campanha “Solidariedade Contra o Coronavírus”, realizada em parceria com a Feag (Federação das Entidades Assistenciais Guaçuanas).

Doações de alimentos, itens de limpeza e de higiene pessoal estão sendo aceitos. Quem quiser colaborar pode levar os donativos até a Feag ou depositar nos carrinhos identificados com o slogan da campanha nos supermercados participantes. (JD com informações da Secretaria de Comunicação Social da Prefeitura).

Previous post

Vereadores cobram aumento de cestas básicas

Next post

Tome Nota da edição de sábado, dia 25