Home»Cidade»Martinho Prado: Licitação emergencial agilizará passagem

Martinho Prado: Licitação emergencial agilizará passagem

A travessia caiu na manhã do dia 27 de fevereiro com a força da correnteza resultante do acúmulo de chuva

0
Shares
Pinterest WhatsApp

A SOV (Secretaria de Obras e Viação) está com três orçamentos que apontam os custos para construção de nova passagem na Estrada Vicinal Governador Almino Afonso, que liga a cidade ao Distrito de Martinho Prado Júnior. A realização de licitação emergencial é medida que deve ser adotada para o início da obra e, desta forma, garantir que a construção seja feita o mais breve possível, a partir da assinatura do contrato.

De acordo com o secretário de Obras e Viação, Salvador Franceli, a equipe acrescentará um terceiro orçamento a dois já obtidos, sendo que o custo estimado está girando em torno de R$ 500 mil. “A ideia é fazer a licitação emergencial porque pelos trâmites normais o processo é mais longo, no mínimo 90 dias”, argumenta.

A travessia caiu na manhã de 27 de fevereiro com a força da correnteza resultante do acúmulo de chuva que elevou o nível do Córrego do Pacu, cedendo o asfalto. O rompimento da passagem resultou em acidente fatal, cuja vítima foi um idoso de 79 anos que dirigia um caminhão-caçamba. Desde então, a estrada foi interditada, sendo ofertado um acesso secundário por uma estrada de terra ou ainda aas SP-147 e SP-191, em Conchal, e a estrada rural da Chácara Alvorada.

Franceli havia informado que a alternativa é uma ponte metálica, descartando a travessia nos mesmos moldes, ou seja, com aduelas. Os recursos para construção devem ser provenientes dos valores arrecadados com as multas de trânsito.

Exército

Na sessão da Câmara da última segunda-feira (9), o vereador Jéferson Luís da Silva (PROS) informou que enviou ofício ao comando do Exército na tentativa de que o município seja beneficiado com uma ponte móvel. “Estamos pedindo ajuda do Exército Brasileiro, para que coloquem uma ponte móvel para ajudar os moradores do Distrito e também para que a equipe de engenharia do Exército nos ajude na reconstrução, mesmo que provisoriamente”, comentou em tribuna.

Previous post

Retratar Mogi Guaçu é proposta de concurso

Next post

Tome Nota da edição de sábado, dia 14