Home»Cidade»Martinho Prado: Travessia terá tráfego liberado em 15 dias

Martinho Prado: Travessia terá tráfego liberado em 15 dias

O trabalho de reconstrução da passagem foi iniciado no dia 29 de junho e orçado em R$ 405 mil

0
Shares
Pinterest WhatsApp

A construção da travessia em construção na Vicinal Governador Almino Monteiro Álvares Afonso, que liga o Distrito de Martinho Prado Júnior a Mogi Guaçu, deve ser concluída em 15 dias. A obra foi iniciada em 29 de junho ao custo de R$ 405 mil aos cofres públicos.

Nesta semana, está sendo realizado o alteamento da travessia e o calçamento do muro de ala. A previsão inicial era de que a obra fosse concluída em 60 dias, ou seja, 30 dias antes do prazo. Mas o secretário de Obras e Viação, Salvador Franceli, justifica que demorou um pouco mais porque teve alguns serviços extras.

“Demorou um pouco mais porque fiz o alteamento do aterro como também da parte de pavimento para que haja conformação da pista antiga com a travessia executada”, explica. Franceli justifica que a medida visa evitar problemas futuros. “Tive que acertar a superelevação para que quem entre na travessia não tenha problema de sair pela tangente”, disse sobre a inclinação da pista no sentido distrito/município.

A nova travessia suportará o dobro da vazão em comparação com a que foi destruída. Enquanto a obra não fica pronta, quem segue para o distrito tem que passar por rotas alternativas, como o desvio próximo ao local da queda da passagem, as rodovias SP-147 e SP-191, em Conchal, ou ainda pela estrada das Chácaras Alvorada.

A antiga passagem foi destruída no dia 27 de fevereiro, após forte chuva que elevou o nível do córrego que passa sob a travessia. Com isto, a força da enxurrada derrubou a estrutura. Desde então, a estrada foi interditada. A situação resultou na morte de Antônio Coraini, 79, que trafegava com caminhão/caçamba e caiu na vala.

 

Previous post

Comerciantes pedem ação contra sujeira em canteiros

Next post

Cultura: Cuca quer regulamentação do Plano Municipal