Home»Destaque na Home»Moção de repúdio e CEI são aprovadas pelos vereadores

Moção de repúdio e CEI são aprovadas pelos vereadores

Aprovação ocorreu na última segunda-feira (10)

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Uma moção de repúdio contra o prefeito Walter Caveanha (PTB) foi aprovada durante a sessão da Câmara de segunda-feira (10). Apenas os vereadores Thomaz Caveanha (PTB), Luís Zanco Neto (PTC), Elias dos Santos, o Pastor Elias (PSC), e Luciano Firmino Viera, o Luciano da Saúde (PP), foram contrários.

A moção foi apresentada pelo vereador Guilherme de Sousa Campos, o Guilherme da Farmácia (PSD), mas foi assinada pelos vereadores Fábio Aparecido Luduvirge Fileti, o Fabinho (PSDB), Natalino Tony Silva (Rede) e Rodrigo Falsetti (PTB).

A moção pela intenção de erradicação de novas árvores na Avenida dos Trabalhadores acabou desencadeando uma discussão entre os vereadores, principalmente após o vereador Zanco ir à tribuna. “Todo mundo é contra os Ypês. Por isso que o povo é contra”, afirmou ao explicar o motivo de ter votado contra a moção.

Na sequência, os vereadores Guilherme, Fabinho, Rodrigo e Natalino rebateram o colega, que não voltou mais a usar a tribuna. “Repudio, sim, o chefe do Executivo. Ninguém aqui é contra os Ypês. O vereador está equivocado. Fazer avenida dentro de outra avenida é inusitado”, rebateu o vereador Fabinho.

O presidente da Câmara destacou que se a Administração Municipal fosse favorável à região dos Ypês o cenário seria outro. “Se fosse favorável aos Ypês as praças não estariam abandonadas. Estamos discutindo o que não é prioridade, o que pega a população de surpresa. Atendo a população e eles pedem saúde, segurança, mas nunca ninguém pediu baias”, reforçou.

O vereador Natalino ressaltou a necessidade de já ir cortando as árvores sem ao menos ter terminado o primeiro trecho da obra do corredor de ônibus. “Porque é ano eleitoral abre tudo e vamos mostrar que estamos trabalhando. Mas não é assim que funciona”, criticou.

CEI

Além da moção, os 11 vereadores aprovaram o requerimento de autoria do vereador Guilherme da Farmácia que institui a Comissão Especial de Inquérito- CEI- para investigar o corte de árvores na Avenida Clara Lanzi Bueno. A comissão é composta pelos vereadores Guilherme (presidente), Fabinho e Natalino (membros).

Previous post

Editorial: Faltou informação, de novo

Next post

Aulas de Judô estão com inscrições abertas