Home»Cidade»Movimento cresce e compras são limitadas

Movimento cresce e compras são limitadas

Redes orientam população a não estocar alimentos em casa, já que lojas ficarão abertas durante o período de restrições

0
Shares
Pinterest WhatsApp

O aumento no movimento dos supermercados de todo o país é um ponto da crise causada pelo novo coronavírus que mais tem chamado a atenção. Tanto que grandes marcas estão comunicando que os clientes não precisam se desesperar e estocar alimentos, prejudicando, assim, demais consumidores. Nesta semana, um supermercado de Mogi Guaçu estabeleceu um limite de compra por pessoa para produtos básicos, como arroz, feijão, açúcar, macarrão e farinha de trigo. Além disso, cada pessoa estava autorizada a comprar no local apenas um frasco de álcool em gel e um frasco de álcool líquido para limpeza, sendo que nesta sexta-feira (20), não havia mais unidades do álcool em gel para venda.

Adriano Lima, diretor administrativo de uma rede da cidade, falou com a Gazeta sobre o atual cenário e avaliou que o medo das pessoas de ficar sem alimentos é desnecessário. “Nós entendemos que a situação está sob controle e que, agora, temos que trabalhar mais em uma questão educativa de orientar o cliente a não comprar nada em exagero”. Com relação aos valores dos produtos, Lima disse que os preços continuam os mesmo e não foram aumentados por conta da crise do coronavírus, exceto em alguns casos específicos, como o do álcool em gel. “Houve uma explosão na demanda do produto e isso vai demorar um certo tempo para se normalizar”.

Porém, o álcool já não estava mais nas prateleiras para venda, sendo que foi rapidamente vendido. “Todos foram vendidos e não podemos afirmar se terá mais”. O diretor administrativo ainda disse que tem notado que alguns clientes estão com receio de ir até o espaço físico para realizarem suas compras, o que para ele também é desnecessário, apesar de preventivo, já que a rede está reforçando os protocolos de segurança alimentar, higiene, organização e limpeza junto a todos os colaboradores, especialmente nas áreas de manipulação de alimentos. “Fora isso, suspendemos treinamentos e essas atividades são feitas via e-mail e WhatsApp”. Lima também reforçou que todos os utensílios da loja como pegadores, potes que ficam nos restaurantes, carrinhos e cestinhas estão sendo higienizados diariamente.

No entanto, a pessoa que não quiser sair de casa para ir ao supermercado pode optar pelas compras online. “O cliente que quiser comprar de casa pode acessar nosso site que ele terá acesso a todos os produtos do supermercado pelo mesmo preço”, informou o gerente.

Previous post

SET suspende atividades e fecha centros esportivos

Next post

Biblioteca Municipal suspense atividades a partir de 2ª feira