Home»Destaque na Home»Mulheres são ameaçadas de morte por ex-companheiros

Mulheres são ameaçadas de morte por ex-companheiros

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Uma diarista, de 41 anos, foi agredida pelo ex-companheiro na tarde do último sábado (18), no bairro Imóvel Olho D’Água, próximo a Avenida Washington Luiz.

Ela relatou a Guarda Civil Municipal que está separada de L.P.P, 39, desde setembro do ano passado e que ele chegou em sua casa, pulou o muro e a agrediu com socos no rosto e pontapés na cabeça. Além disso, o ex-companheiro usou uma faca para fazer ameaças de morte a ela.

O agressor fugiu e não foi localizado pela GCM que fez buscas nas proximidades. A vítima foi socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) até a Santa Casa, onde recebeu atendimento e foi liberada.

O caso foi registrado como crime de lesão corporal na DDM (Delegacia de Defesa da Mulher).

 Mais tarde

Já no Jardim Eldorado I, uma auxiliar de limpeza, de 34 anos, também recebeu ameaças de morte do ex-companheiro. Ela relatou a GCM, que por volta das 20 horas, G.S.P, de 39 anos, apareceu em seu portão dizendo que iria matá-la e que daquele dia ela não passaria. Ela ainda contou que ele forçava o portão na tentativa de entrar na residência, quebrando assim as determinações que constam na medida protetiva que ela tem contra ele. A GCM deteve o agressor e o encaminhou a CPJ onde ele ficou preso à disposição da Justiça por descumprimento de lei.

 

Previous post

Assaltantes roubam moto e logo são presos pela PM

Next post

Homem é detido por cultivar pés de maconha no quintal de casa