Home»Destaque na Home»Oposição promete denunciar investimento ao MP

Oposição promete denunciar investimento ao MP

Guilherme e Fabinho estão entre os vereadores que criticaram o investimento anunciado pela Prefeitura

0
Shares
Pinterest WhatsApp

O projeto de iluminação da ponte de ferro anunciado pela Prefeitura não foi bem digerido pelos vereadores da oposição. Na sessão da última segunda-feira (3), o assunto foi discutido por eles em plenário.

A ponte de ferro da Avenida dos Trabalhadores será iluminada com mais de 60 projetores de Led. Para realizar a melhoria, a Prefeitura previa um investimento de R$ 267 mil, mas a empresa vencedora apresentou o valor de R$ 187.095,92. A justificativa para o serviço é de que a ponte de ferro está trazendo aos moradores e usuários problemas sérios de falta de segurança. A licitação foi finalizada e as melhorias devem ser iniciadas ainda nesse mês.

O vereador Guilherme de Sousa Campos, o Guilherme da Farmácia (Cidadania), avaliou como desnecessária a melhoria anunciada pela Administração Municipal. Mais uma vez, ele ressaltou que as prioridades não são levadas em conta. “Causou espanto em muita gente esse valor de R$ 267 mil para iluminação da ponte de ferro. Vai se gastar um montante desse e deixar de lado as prioridades. Gastar com algo totalmente desnecessário”, ressaltou em tribuna ao comentar que a cidade conta com diversas ruas sem iluminação. “Nós temos inúmeras ruas e avenidas que precisam de uma iluminação melhor. Quantos postes que nem o braço de luz tem, o que deixa a rua escura”.

Para o vereador, os pedidos de melhorias feitos pelos vereadores de oposição não são atendidos e a Prefeitura não lista as prioridades dos bairros. “Quero chamar a atenção aqui para as prioridades. Aliás, esse governo não vi investir em prioridades, pelo menos nesse segundo mandato. Por exemplo, a Avenida Lourenço Gerbi precisa de uma iluminação decente, como a via que liga o Pantanal. São locais não atendidos”, comentou.

O vereador Fábio Aparecido Luduvirge Filetti (PSDB) fez coro ao colega e não economizou nas críticas à Administração Municipal. Ele falou sobre a falta de investimentos na área da Saúde e disse que a Prefeitura não soube fazer os investimentos necessários com a ajuda do Governo Federal. “São R$ 20 milhões e parte desses recursos destinada para as ações da Covid, mas a gente vê que eles estão preocupados apenas com o financeiro deles. E no meio de tudo isso o prefeito preocupado em iluminar a ponte”, criticou.

Para Fabinho, a falta de prioridade e de planejamento são um agravante, uma vez que o município vinha locando a iluminação durante o Natal Luz. “É brincadeira essa Administração. Tem cabimento população? Já gastou R$ 560 mil ao longo dos anos com a mesma iluminação locada. Está aqui o requerimento que acabei de receber. Em 2019 gastou R$ 204 mil e porque não adquiriu lá quando foi montar o Natal Luz? Agora, com dinheiro de empréstimo ele está iluminando a ponte. Dava para comprar respiradores”, salientou.

Por conta das denúncias, os vereadores prometeram levar o caso ao conhecimento do Ministério Público. A Prefeitura preferiu não se manifestar sobre as críticas recebidas na Câmara.

Previous post

Dia dos Pais: Cozinheiro fica mais tempo com os filhos

Next post

Editorial: Nova fase, nova rotina