Home»Cidade»PANDEMIA: Procon registra denúncias de preços abusivos

PANDEMIA: Procon registra denúncias de preços abusivos

0
Shares
Pinterest WhatsApp

O avanço do novo coronavírus no Brasil disparou a venda de alguns produtos, principalmente do álcool em gel, das máscaras e dos alimentos.

Com isso, alguns comerciantes estão se aproveitando do momento para atuarem de forma abusiva contra o consumidor, ou seja, aumentando os preços dos produtos sem justa causa, visando apenas se beneficiar com o lucro.

Por conta da Covid-19, o Procon de Mogi Guaçu está trabalhando em regime de plantão, oferecendo atendimento ao público apenas por telefone (3811-7800).

Nesta quarta-feira (25), o diretor do órgão Ronaldo José da Silva informou que muitas denúncias de preços abusivos estão sendo registradas com relação ao álcool em gel, as máscaras e aos produtos alimentícios em geral.

Silva explicou que as queixas são encaminhadas à Fundação Procon de São Paulo para que ela envie ao município uma equipe de fiscalização assim que for possível. “A equipe de fiscalização vai exigir os documentos ficais que irão comprovar os reajustes e as cobranças abusivas”.

Caso isso não aconteça e fique comprovado que as cobranças abusivas estão partindo por parte do vendedor ou revendedor, ele será autuado e multado. “Nos casos em que os reajustes abusivos vierem dos fabricantes e fornecedores, eles serão notificados e também poderão ser autuados e multados caso não apresentem justificativas plausíveis para os aumentos”, completou o diretor do Procon que ainda disse que as multas podem variar de R$ 10 mil a R$ 10 milhões, sendo que tudo depende de vários fatores.

Silva ainda enfatizou que os atendimentos presenciais estão suspensos por conta da proximidade que acontece entre consumidor e o atendente.

Além do telefone, os consumidores podem baixar o APP do Procon, “Basta procurar por PROCON-SP e realizar um cadastro que possibilitará o registro da reclamação junto ao site”, finalizou.

Previous post

Bombeiros reforçam orientação sobre isolamento social - Veja Vídeo

Next post

Educação convoca funcionários para atuarem na Saúde