Home»Destaque na Home»Prefeito atenderá mais de R$ 3 milhões em emendas

Prefeito atenderá mais de R$ 3 milhões em emendas

Os vereadores aprovaram o projeto do Executivo autorizando abertura de créditos suplementares

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Os vereadores voltaram a se reunir na tarde da última quinta-feira (6) em sessão extraordinária. Eles aprovaram projeto de lei de autoria do Executivo que dispõe sobre autorização para abertura de créditos adicionais suplementares no valor de R$ 3.242.463,00.

O valor será usado para que a Administração Municipal atenda o restante das emendas impositivas que deveriam ter sido pagas em 2019. Elas foram apresentadas em 2018 pelos vereadores para serem feitas com o orçamento do ano passado.

As emendas apresentadas atendem, segundo os vereadores, diversos bairros do município. Estão previstas melhorias em quadra de escola, na iluminação de vias, instalação de academia ao ar livre e playground, além de pavimentação e compras de equipamentos e reformas de postos e praças.

De acordo com a Prefeitura, 51% das emendas impositivas de 2019 foram atendidas e o vereador Guilherme de Sousa Campos, o Guilherme da Farmácia (PSD), comentou sobre a questão. “Segundo planilha da Prefeitura 51% das emendas impositivas foram atendidas no primeiro lote, sendo que a maioria dos recursos foi para a área da Saúde. Só para a Santa Casa foram mais de R$ 500 mil, o que ajudou e muito o hospital, inclusive com o pagamento de funcionários. Entidades e associações também foram atendidas no primeiro lote”, comentou o vereador.

Guilherme ressaltou que os vereadores ficaram receosos quanto ao cumprimento pela Prefeitura do restante das emendas e agradeceu o empenho do secretário da Fazenda, Roberto Simoni. “Confesso que estava apreensivo quanto ao cumprimento do restante das emendas. Mas quero reconhecer e parabenizar o secretário da Fazenda que está cumprindo com a palavra”, ressaltou.

O vereador Luciano Firmino Vieira, o Luciano da Saúde (PP), disse que a sessão extraordinária foi um pedido do secretário da Fazenda, a fim de agilizar os trâmites para a execução das emendas. “A Administração já fez os orçamentos das emendas, e para que a equipe da Prefeitura possa ganhar tempo, o secretário pediu que aprovássemos o projeto o quanto antes”, comentou ao informar que a lei será publicada neste sábado (8).

Os vereadores Jéferson Luís da Silva (PROS), Fábio Aparecido Luduvirge Filetti (PSDB), Natalino Tony Silva (Rede), Elias dos Santos, o Pastor Elias (PSC), e Rodrigo Falsetti (PTB) também comentaram sobre a liberação das emendas e lembraram que aguardam as de 2020.

Por lei, a Câmara recebe da Prefeitura 1,2% da receita corrente líquida do ano anterior para a apresentação de emendas.

Previous post

Distrito industrial: erosões atrapalham o fluxo de veículos

Next post

Mesmo com derrotas, Mandi Guaçu tem destaques em torneio