Home»Cidade»Prefeitura faz nova distribuição de alimentos da merenda escolar

Prefeitura faz nova distribuição de alimentos da merenda escolar

0
Shares
Pinterest WhatsApp

A Prefeitura de Mogi Guaçu está realizando doação de alimentos para famílias necessitadas neste período de quarentena. Na primeira ação, realizada em abril, alimentos da merenda escolar que estavam parados foram usados na confecção de kits e doados a 1.164 famílias com inscrição no Cadastro Único e com perfil do programa federal Bolsa Família. Além disso, os beneficiados tinham que ter pelo menos uma criança ou adolescentes matriculados no ensino municipal.

Nesta sexta-feira (15), a Prefeitura iniciou a distribuição de 1.256 kits de alimentos com itens da merenda escolar a alunos matriculados na rede municipal. É o segundo mês de distribuição a esse público. A distribuição acontecerá durante os próximos dias. Os locais e horários serão informados pela Secretaria de Educação. A retirada acontece nas unidades escolares, seguindo o cronograma previamente agendado.

Vale lembrar que a doação só ocorre por causa da publicação, no Diário Oficial da União, da lei 13.987 de 7 de abril de 2020, alterando a Lei nº 11.947, de 16 de junho de 2009, que autorizou, em caráter excepcional, durante o período de suspensão das aulas, a distribuição de gêneros alimentícios adquiridos com recursos do PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar) aos pais ou responsáveis dos estudantes das escolas públicas de educação básica.

A Gazeta questionou a Prefeitura sobre as pessoas que não fazem parte do Cadastro Único, mas que também precisam de ajuda neste momento. Foi informado que um levantamento seria feito pela Secretaria de Promoção Social, pois doações estão sendo feitas por empresas e outras cestas estão sendo montadas com os alimentos arrecadados pelo Fundo Social de Solidariedade. Porém, o número não foi informado.

Previous post

Artigo: Dinho, líder do Capital Inicial: “Não é uma gripezinha”

Next post

Vereador diz que obra está parada; Salvador Franceli nega