Home»Destaque na Home»Presas não retornam após saidinha de Natal

Presas não retornam após saidinha de Natal

Em Mogi Guaçu, três não voltaram no prazo estabelecido

0
Shares
Pinterest WhatsApp

 No mês passado, aproximadamente 40 mil homens e mulheres que estavam presos no regime semiaberto deixaram as prisões do Estado de São Paulo na famosa saidinha de Natal. De acordo com a Justiça, os beneficiados deveriam voltar aos presídios no último dia 2. No entanto, nem todos retornaram para suas unidades prisionais e continuam soltos.

De acordo com a Secretária de Administração Penitenciária (SAP), 121 mulheres presas na penitenciária feminina de Mogi Guaçu saíram na saidinha de Natal. Deste total, 117 voltaram para continuar a cumprir suas penas. Já três delas ainda não apareceram, e agora, seguem em condição de foragidas, sendo que quando forem recapturados voltarão para o regime fechado.

Vale lembrar que a secretária municipal de Segurança, Judite de Oliveira, compartilhou que é contra a medida. “Para mim, preso é preso”. Para ela, o grande risco é que apesar de serem liberados por bom comportamento, os presos oferecem grandes riscos. “Muitos deixam as prisões com missões de matar policiais e se eles não cumprem isso morrem quando voltarem aos presídios”.

Quanto à população, Judite orientou que no caso de ver algum suspeito, é necessário acionar a Guarda Civil Municipal no 153 ou a Polícia Militar no 190.

Previous post

Franco Montoro: mulheres são maioria para prova de Medicina

Next post

Fazenda prevê arrecadar R$ 28 mi com IPVA