Home»Destaque na Home»Procurado pela Justiça oferece R$ 53 mil para não ser preso

Procurado pela Justiça oferece R$ 53 mil para não ser preso

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Um procurado pela Justiça tentou subornar policiais militares de Mogi Guaçu. O caso ocorreu na tarde desta segunda-feira (29), no Jardim Imperial.

O Boletim de Ocorrência foi registrado como uso de documento falso, corrupção ativa e procurado da Justiça. A equipe composta por Luciano, Goulart e Scarabello patrulhava o bairro, quando avistou o acusado. Ele demostrou nervosismo, o que motivou a abordagem.

Ao apresentar a CNH no nome de Jurandir Rosa dos Santos, ele foi questionado sobre a autenticidade do documento. O acusado acabou confessando que havia comprado o documento em São Paulo, tendo em vista que era procurado da Justiça pelo Estado de Minas Gerais.

O nome verdadeiro do acusado é Mauro Ávila e contra ele existem três mandados de prisão por envolvimento com roubos a bancos e tráfico de drogas. Ao ser informado que seria conduzido para a delegacia, o mesmo ofereceu R$ 53.015,00 para a equipe não o levar preso. Ele também informou aos policiais que o dinheiro estava em sua casa.

A equipe, então, foi até a residência do acusado e ele apresentou o dinheiro que estava escondido dentro do forno do fogão. Diante dos fatos, o acusado recebeu voz de prisão e foi encaminhado à Central de Polícia Judiciária (CPJ), onde foi indiciado por corrupção ativa e uso de documento falso.                                              IMG-20190729-WA0062

Previous post

Paulista vence Jardim Brasília e está na semifinal da 1ª Divisão

Next post

Cemitério de Mogi Mirim é alvo de vândalos