Home»Cidade»Projeto da Elektro estima trocar 15 mil lâmpadas usadas por LED

Projeto da Elektro estima trocar 15 mil lâmpadas usadas por LED

0
Shares
Pinterest WhatsApp

O Projeto “Energia Mais Eficiente”, realizado pela Elektro em parceria com a Prefeitura, chegou a Mogi Guaçu e permanecerá por aqui até o próximo dia 24. A estimativa é realizar a troca de 15 mil lâmpadas usadas por LED. O programa contempla iniciativas de eficiência energética nas comunidades de baixa renda e instituições públicas da área de concessão da distribuidora.

Os recursos utilizados no projeto fazem parte do Programa de Eficiência Energética da Elektro, regulado pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica). Ao todo, serão substituídas cerca de 15 mil lâmpadas incandescentes e fluorescentes por lâmpadas de LED, que consomem menos energia e são mais eficientes.

Para contar com o benefício, os clientes residenciais ou rurais/residenciais deverão comprovar residência em comunidade popular de baixa renda ou estar cadastrado na TSEE (Tarifa Social de Energia Elétrica) e não podem existir débitos com a concessionária. Cada munícipe poderá levar até cinco lâmpadas incandescentes ou fluorescentes usadas, com potência igual ou superior a 15W, para troca por LEDs.

A Elektro está com ponto de troca no Cras Leste, no Jardim Zaniboni. Há ainda uma unidade móvel instalada no Caic (Centro de Atendimento Integral à Criança), no Jardim Santa Terezinha II. O atendente da Elektro, Marco Aurélio Silva Rube comentou que há equipes fazendo o trabalho de divulgação com a entrega de panfletos e carro de som. “Por enquanto, o movimento está pequeno, mas acreditamos que vai aumentar a partir da próxima semana”, comentou.

Para atendimento das instituições, além de estarem localizadas geograficamente nas comunidades de baixa renda atendidas pelo projeto e atenderem outros critérios técnicos, as edificações deverão funcionar no período noturno e estar adimplente com a concessionária.

O horário de atendimento do projeto no Cras Leste é de segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas. Na unidade móvel (Caic), o atendimento é das 8 às 17 horas. (CHSM)

Previous post

Guaçuanos garantem posição no pódio

Next post

Ciclista Newton de Souza é campeão Pan-americano