Home»Destaque na Home»Propaganda irregular na mira da Justiça Eleitoral

Propaganda irregular na mira da Justiça Eleitoral

0
Shares
Pinterest WhatsApp

A pandemia do novo coronavírus alterou a rotina dos pré-candidatos que irão disputar o pleito de novembro. Porém, todos estão ansiosos para poderem começar efetivamente suas campanhas e pedir o voto ao eleitorado. Apesar dessa mudança por conta da doença, os pré-candidatos irão procurar ficar mais próximos da população, a fim de mostrar suas propostas. E para evitar que a campanha eleitoral não fuja do script, a Justiça Eleitoral estará atenta aos excessos que podem ser cometidos pelos futuros candidatos.

Em Mogi Guaçu, o chefe do Cartório Eleitoral, Hugo Ornelas, informou que o trabalho de fiscalização será feito com o apoio doas forças de segurança do município. Ele lembrou que em eleições passadas, diversas irregularidades foram flagradas pelos servidores da Justiça Eleitoral, principalmente com relação aos cavaletes que são instalados em pontos da cidade com a propaganda dos candidatos. “A gente vai fazer uma parceria com a Polícia Civil, com a Polícia Militar e Guarda Civil Municipal, para que eles nos ajudem nessa caminhada. Como eles atuam pelas ruas, podem nos ajudar a observar o que está irregular e nos ajudar a recolher o material de campanha irregular”, comentou.

Para evitar os mesmos transtornos registrados nas eleições municiais de 2016, o chefe do Cartório Eleitoral orienta os candidatos a seguirem as normas previstas na legislação vigente. “A minha orientação é para que respeitem a legislação eleitoral. Já estamos passando por um período diferente. Então, se cada um fizer sua parte, poderemos ter uma campanha sem problemas”, destacou Hugo Ornelas.

O chefe do Cartório Eleitoral também ressaltou que o eleitor tem papel fundamental nestas eleições. E orienta que a campanha eleitoral seja utilizada para conhecer melhor os candidatos. “A minha orientação para os eleitores é para que eles votem com consciência. Tirem um tempo para pesquisar a vida pregressa dos candidatos e sejam criteriosos”.

No site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP) é possível encontrar todas as regras previstas para a disputa eleitoral, inclusive o que pode e o que não pode. A Gazeta separou um resumo na página 2B. A partir deste domingo, por exemplo, os eleitores já poderão encontrar pelas ruas bandeiras e observar a colagem de adesivos nos veículos.

Previous post

Cerimonialista elabora plano de retomada de eventos

Next post

Candidatos começam a pedir votos ao eleitorado