Home»Cidade»Scala Guaçu executará segunda etapa

Scala Guaçu executará segunda etapa

Empresa é a mesma que conduziu a primeira etapa do serviço no ano passado; novo contrato tem valor de R$ 2,8 milhões

0
Shares
Pinterest WhatsApp

É previsto para a segunda quinzena do mês de março o início da segunda etapa do recapeamento asfáltico que contemplará as Avenidas Suécia, Padre Jaime, Nico Lanzi e a Rua Paula Bueno. A obra é custeada com recursos obtidos junto ao Governo do Estado. O serviço ficará a cargo da Scala Guaçu, empresa com sede em Mogi Mirim que conduziu a primeira etapa, realizada no ano passado.

No pregão realizado pela Comissão Municipal de Licitações na última terça-feira (23), a empreiteira ofertou o preço mais baixo que as outras cinco concorrentes.A Scala Guaçu fará o serviço por R$ 2,9 milhões, aproximadamente. A obra havia sido orçada em R$ 3,7 milhões. De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura, em relação ao valor pelo qual as obras foram contratadas com a SEG Serviços Gerais, vencedora da licitação anterior, houve uma diferença para menos de R$ 77, 5 mil.

A Rua Paula Bueno está entre as vias que será recapeada
A Rua Paula Bueno está entre as vias que será recapeada

Vale lembrar que a licitação anterior foi anulada por descumprimento de parte da SEG Serviços Gerais, que sofreu multa de pouco mais de R$ 594 mil. Com isto, sendo paga a multa, o custo para a Prefeitura cairá para R$ 2,3 milhões.

O secretário de Obras e Viação, Salvador Franceli, diz ter confiança de que não terá problemas com a empresa, pois executou o serviço a contento na primeira etapa. “É uma empresa com know-how na área e realiza um trabalho bem feito”, diz. Como já previa, Franceli iniciará o recapeamento pela Avenida Suécia, seguindo a seguinte ordem: Padre Jaime, Paula Bueno e Nico Lanzi. “Exceto que haja algum contratempo porque já sabemos que estará na safra de milho, período em que aumenta bastante o tráfego de caminhões. Mas é algo para ser avaliado”, atenta.

 

Nico Lanzi
Nico Lanzi

ESTADO

O Governo do Estado liberou verba de R$ 5 milhões para o recapeamento. Os primeiros R$ 2,5 milhões foram investidos na recuperação das Avenidas Mogi Mirim, Brasil, Tancredo Neves, Bandeirantes e Rua Mato Grosso.

Uma sobra de R$ 340 mil, acrescida de contrapartida do município, permitiu que fosse feito o recapeamento das Ruas XV de Novembro, 13 de Maio, Sargento Aviador Osvaldo Fernandes, Apolinário, José Pedrini, entre outras.

Previous post

Funcionários votam por continuar greve

Next post

Estão abertas as inscrições para o 7º Festival de Teatro