Home»Destaque na Home»Secretário confirma retorno da UPA com ajuda da Câmara

Secretário confirma retorno da UPA com ajuda da Câmara

Secretários da Fazenda e da Administração participaram de reunião com os vereadores

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Conforme o combinado, o secretário da Fazenda, Roberto Simoni, se reuniu com os vereadores na última segunda-feira (9), a fim de falar sobre a reabertura da UPA (Unidade de Pronto Atendimento), no Jardim Santa Marta. Ele chegou acompanhado do secretário da Administração, Luís Ávila.

A reunião foi um pedido do vereador Luciano Firmino Vieira, o Luciano da Saúde (PP) e importante para esclarecer a intenção da Prefeitura com relação ao retorno da unidade ao prédio de origem. “Não tem pessoas melhores para falar sobre a questão financeira e sobre as emendas impositivas que poderão ajudar na reabertura da UPA”, comentou Luciano.

Roberto Simoni fez uma explanação sobre a situação financeira do município ao comentar que o ano será fechado com muita dificuldade quase que empatando o que entra com o que sai. Informou também que o valor que será devolvido pela Câmara, cerca de R$ 1,2 milhão, será usado exclusivamente para o pagamento do 13º dos servidores e complemento da folha, assim como os recursos pagos pela venda da folha de pagamento.

Sobre a UPA, confirmou que o prefeito Walter Caveanha (PTB), em conversa com os vereadores da situação, sinalizou a intenção de reabrir a UPA no primeiro trimestre de 2020, mas que precisará contar com as emendas impositivas. “O prefeito assumiu o compromisso e se as emendas tiverem uma participação vai reabrir no primeiro trimestre entre final de março e início de abril, mas desde que tenha ajuda das emendas impositivas”, explicou o secretário da Fazenda.

Cada vereador tem o valor de R$ 513 mil para destinar, sendo que 50% desse valor deve ser exclusivamente para a área da Saúde. Porém, as emendas já tinham sido destinadas quando os vereadores de situação tiveram a ideia de repassar os valores para a UPA. Mesmo assim, as emendas poderão ser alteradas.

Roberto Simoni comentou que caso os valores das emendas não sejam destinados, a Prefeitura terá que remanejar recursos da Saúde. “Nós vamos tentar junto ao Governo Federal reativar os valores, buscando os valores para manter a UPA. Se não tiver, vamos ter que trabalhar o orçamento, temos que pegar o orçamento da Saúde e trabalhar ele remanejando verba da Saúde”, explicou.

Atualmente, o custeio da UPA gira em torno de R$ 498 mil mensais e atualmente o município não conta com a verba federal no valor de R$ 175 mil, que foi cortada pelo Ministério da Saúde justamente porque a UPA não funciona no prédio de origem. “Se tiver compromisso dos senhores da destinação de parte das emendas. A pretensão da Fazenda lá atrás é que fosse tudo, os cerca de R$ 5 milhões, mas sei também que vocês têm compromisso. Se destinar parte disso, a UPA funcionará a partir de março e mais tardar em abril”, enfatizou ao ser questionado pelo presidente da Câmara, Rodrigo Falsetti (PTB). “Mas se não tiver as emendas não abre?”, perguntou. O secretário prontamente respondeu: “Nós vamos brigar para fazer algumas coisa, mas o orçamento não oferece isso”, respondeu.

Oposição

Os vereadores da oposição não concordam com o posicionamento da Prefeitura e lembraram que a reabertura da UPA é uma obrigação da Prefeitura. Além disso, ressaltaram que o retorno da unidade ao Jardim Santa Marta foi promessa de campanha do prefeito. “O Walter na campanha da reeleição se comprometeu em reabrir a unidade em dezembro de 2016. Foi um compromisso que ele assumiu e agora quer dividir a responsabilidade com a Câmara”, comentou Guilherme de Sousa Campos, o Guilherme da Farmácia (PSD).

 

Pré-sal

Roberto Simoni informou que o município receberá no próximo dia 30 o valor de pouco mais de R$ 3 milhões do pré-sal, mas que valores serão destinados para o pagamento do INSS de novembro e do 13º, que giram em torno de R$ 6 milhões.

Previous post

Tome Nota da edição de sábado, dia 14

Next post

Equipe SET/Cerâmica conquista bons resultados na Liga Metropolitana