Home»Cidade»Supermercados: município proibirá entrada de crianças de até 12 anos

Supermercados: município proibirá entrada de crianças de até 12 anos

Reunião online foi realizada entre representantes dos supermercados e Prefeitura

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Proibir a entrada de crianças de até 12 anos nos supermercados será uma forma de enrijecer as medidas de acesso a estes estabelecimentos. A decisão vai ao encontro de pedido dos lojistas diante da aglomeração nos supermercados, enquanto o comércio não essencial segue fechado e é apontado como o culpado pelo baixo índice de isolamento social no Município.

De acordo com o informado pela Secretaria de Comunicação Social, a decisão sobre o não acesso de crianças passará a valer a partir da próxima semana, mas não deve constar de decreto. Além disso, os demais protocolos deverão ser seguidos à risca pelos supermercados, como limite de pessoas por metro quadrado, disponibilização de álcool em gel e higienização dos carrinhos e cestinhas, por exemplo.

O assunto foi pauta de reunião virtual, realizada na manhã de ontem (3), entre o prefeito Walter Caveanha (PTB) e os proprietários das principais redes de supermercados do município. A iniciativa do encontro teria partido do proprietário de um dos supermercados. Com isto, juntos, empresários e Administração Municipal, promoverão campanha de conscientização da população. Também participaram do encontro alguns secretários e responsáveis por setores municipais, entre os quais, GCM (Guarda Civil Municipal) e Visa (Vigilância Sanitária).

Esta tomada de decisão vai ao encontro do pedido feito pelo prefeito ao COE (Comitê de Operações Emergenciais em Saúde Pública) durante a transmissão de dados do novo coronavírus, na última quarta-feira (1º).  Caveanha fez questão de destacar que suas decisões quanto ao prolongamento da quarentena são técnicas e seguidas à risca conforme o definido pelo COE.

Previous post

Editorial: O peso de uma decisão

Next post

Promotor instaura inquérito para apurar falta de água