Home»Tome Nota»Tome Nota da Edição de sábado, 17/10/2020

Tome Nota da Edição de sábado, 17/10/2020

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Até choveu

A quinta-feira (15) amanheceu com chuviscos. E teve gente que creditou o tempo chuvoso a inauguração da UPA no Jardim Santa Marta, reinaugurada após quase sete anos de fechamento. Claro que foi tema críticas vindas da oposição. Os candidatos a prefeito Marçal Damião (Solidariedade) e a vice-prefeito professor Edson Domingues (Podemos) usaram suas redes sociais para lembrar a população da demora do Executivo em reabrir a unidade. As críticas foram endossadas pelo médico André Paliares. Numa live, atacaram a gestão do prefeito Walter Caveanha (PTB) e do vice Daniel Rossi (PL) dizendo que trata-se de uma manobra eleitoreira.

Holofotes

Primeiro, a Prefeitura avisou que a reabertura da Unidade de Pronto Atendimento no Jardim Santa Marta aconteceria sem qualquer ato de inauguração. Chegaram a alegar que não havia motivos para realização de eventos pelo tempo que a unidade ficou fechada. Mas algo mudou. Na manhã de quinta-feira, a imprensa foi avisada sobre a reabertura e o ato de inauguração, que contou com a presença do prefeito.  Em discurso, o chefe do Executivo voltou a dizer que as dificuldades financeiras foram um entrave par devolver a UPA ao seu prédio de origem. Foram quase sete anos de muitas cobranças.

Esqueceu

O pedido de impugnação contra o candidato a vice-prefeito Denis Camilo de Carvalho tem dado o que falar. Dr. Denis retificou sua declaração junto à Justiça Eleitoral reconhecendo que omitiu possui um terreno em Mogi Mirim. Apesar disso, no terreno há uma casa onde o médico mora com a esposa Clara Carvalho, secretária de Saúde. O imóvel não consta da declaração e tem rendido comentários no meio político, principalmente de que o “esquecimento” do terreno atesta que o candidato a vice-prefeito ao lado do candidato Daniel Rossi mora em Mogi Mirim.

Apareceu

O ex-prefeito Hélio Miachon Bueno (MDB) foi visto no pátio da Secretaria de Serviços Municipais, nesta semana. Nos bastidores da política, o comentário é de que ele está saindo da toca por conta das eleições municipais do dia 15 de novembro. Oficialmente, Miachon não apareceu ao lado de nenhum dos seis candidatos a prefeito. No entanto, o grupo liderado pelo candidato Rodrigo Falsetti (Cidadania) dá como certo o apoio do ex-prefeito. Mesmo assim, tem gente que ainda analisa que o ex-prefeito terá uma participação bastante discreta esse ano. O jeito é esperar para ver.

Previous post

COVID-19: Notificações passam de 10 mil

Next post

Triste Estátistica :Violência contra a mulher aumenta na pandemia