Home»Opinião»Tome Nota da edição de sábado, dia 12

Tome Nota da edição de sábado, dia 12

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Convenções

O último final de semana foi bastante movimentado com o início das convenções. Os partidos começaram a cumprir os trâmites burocráticos necessários para o pleito eleitoral do dia 15 de novembro. Os pré-candidatos a prefeito Rodrigo Falsetti (Cidadania), Daniel Rossi (PL), Marçal Georges Damião (Solidariedade) e coronel Costa (PRTB) realizaram suas convenções, assim como Alex Tailândia (Republicanos) no início da semana. Nada novo foi apresentado pelos pré-candidatos a prefeito, pois todos já haviam decidido seus companheiros de chapa e não houve grandes surpresas durante o processo.

 

Apareceu

Até os mais otimistas ficaram surpresos com a presença do prefeito Walter Caveanha (PTB) na convenção do vice-prefeito Daniel Rossi. O chefe do Executivo tem evitado sair, principalmente em locais que possam haver aglomeração por conta da pandemia do novo coronavírus. Desde março, Caveanha tem despachado de sua casa e ido somente quando o necessário para o Paço Municipal. Ele chegou ao evento com um borrifador de álcool e evitou cumprimentar as pessoas com o famoso aperto de mão. Apenas um aceno. E para evitar uma aproximação mais calorosa, o chefe do Executivo lançava seu borrifador. Uma boa tática.

 

Não apareceu

A presença do ex-prefeito Hélio Miachon Bueno (MDB) foi sentida durante as convenções do último final de semana. A dúvida era em qual ele poderia aparecer. No final, não foi em nenhuma e continua o suspense sobre quem o ex-prefeito irá apostar suas fichas esse ano. Rodrigo Falsetti e Daniel Rossi estão no páreo e não escondem o desejo de ter o apoio do ex-prefeito. Pessoas próximas a Miachon dizem que ele deve se manter distante do processo eleitoral desse ano. Por outro lado, há quem aposte que o ex-prefeito deve sair da toca após o início da campanha eleitoral. Só resta saber qual palanque será o escolhido.

 

Funcionou

Logo após os vereadores de oposição acionarem o Ministério Público por conta do não atendimento aos pacientes na rede pública de Saúde, a Secretaria de Saúde decidiu como será a retomada dos atendimentos nas unidades, inclusive no Centro de Especialidades Médicas. Até então, a Prefeitura justificava a suspensão dos atendimentos por conta da pandemia provocada pelo novo coronavírus e que seguia determinação do Ministério Público. Agora, o atendimento será retomado a partir do dia 5 de outubro. Até a UPA do Jardim Santa Marta será reaberta após anos de atraso.

Previous post

Protesto: DIG investiga violência contra motoboys

Next post

Editorial: Questionamentos necessários