Home»Opinião»Tome Nota da edição de sábado, dia 22

Tome Nota da edição de sábado, dia 22

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Deputado

O deputado estadual Barros Munhoz (PSB) esteve presente no evento que marcou o lançamento da pré-candidatura à reeleição do prefeito de Mogi Mirim, Carlos Nelson Bueno (PSDB). O deputado não titubeou ao ser questionado sobre o apoio ao prefeito mogimiriano mesmo estando no PSB, sigla que estará em outro palanque nas eleições de novembro. Disse que o apoio é para Carlos Nelson e ponto. CNB concorrerá o cargo de prefeito pela quinta vez e terá o presidente da Câmara, Manoel Palomino (DEM), como vice em sua chapa. A vice-prefeita Lúcia Tenório, escolhida nas eleições de 2016, anunciou que é pré-candidata a vereadora.

 

Barcos

Já em terras guaçuanas, o deputado estadual parece estar dividido e mantém um posicionamento diferente do demonstrado em Mogi Mirim. Barros Munhoz participou de encontros recentes com dois pré-candidatos a prefeito de Mogi Guaçu: Rodrigo Falsetti (Cidadania) e Daniel Rossi (PL), grupos opositores, mas que buscam o apoio do deputado estadual. Oficialmente, Barros Munhoz não confirmou qual candidato terá seu apoio nas eleições desse ano, mas, nos bastidores, a informação é de que o deputado se simpatiza com o presidente da Câmara e pode ser que, como em Mogi Mirim, o apoio dele será diferente do partido.

 

Planos

O prefeito Walter Caveanha (PTB) e sua equipe estão em ritmo de despedida após oito anos comandando a cidade. Com o imbróglio das obras de mobilidade urbana resolvido, Caveanha planeja terminar o mandato com boa parte dos serviços adiantados e quer entregar a Avenida Alíbio Caveanha, ‘a menina dos olhos da Administração Municipal’. Amigos próximos garantem que o prefeito não pensa em aposentadoria e tem, sim, planos para retornar à disputa pela Prefeitura em 2024. Por isso, o apoio ao vice-prefeito Daniel Rossi (PL) será tímido.

 

Liberadas

E por falar em obras de mobilidade, a Caixa Econômica Federal deu o aval para que elas sejam retomadas. A notícia foi bastante comemorada pelo secretário de Obras e Viação, Salvador Franceli, que está fazendo novos planejamentos para a retomada dos serviços, a partir da próxima semana. A continuidade da Avenida Alíbio Caveanha e a pista de caminhada na Avenida dos Trabalhadores são as que mais estão adiantadas e o secretário tem como meta entregá-las dentro de um mês. Já a obra da Avenida Brasil pode enroscar um pouco por conta de um problema no solo. Mas nada que tire o sono do secretário de Obras.

Previous post

Perfil: Quem é o eleitor de Mogi Guaçu?

Next post

Editorial: Combater a desinformação é nossa bandeira