Home»Opinião»Tome Nota da edição de sábado, dia 25

Tome Nota da edição de sábado, dia 25

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Mudou

O prefeito Walter Caveanha (PTB) já deve ter sentido que não terá vida fácil até o final do ano, quando termina seu mandato e dos vereadores. Além de toda a crise causada pela pandemia, o prefeito não tem mais a maioria na Câmara Municipal. Nesta semana, recebeu uma enxurrada de críticas vindas, principalmente, da oposição. Agora, o placar é 6 contra 5. Os assuntos foram os mais variados, mas com enfoque nas ações de enfrentamento do novo coronavírus. Os vereadores pediram que mais cestas básicas sejam entregues e agilidade na reabertura da UPA do Jardim Santa Marta.

 

Líder

Desde a saída do vereador Jéferson Luís (PSDB) da liderança do prefeito na Câmara, nenhuma nova indicação foi feita desde então. Os vereadores Luciano da Saúde (PL) e Luís Zanco (PL) têm se revezado na defesa da Administração Municipal. Mas quem tem se destacado e feito o papel de líder é Luciano da Saúde e, por isso, até é cotado para ser o candidato a vice-prefeito na chapa liderada por Daniel Rossi (PL). Mas amigos próximos dos vereadores garantem que a intenção de Luciano da Saúde é buscar a reeleição na Câmara Municipal.

 

Discussão

Nenhum projeto consta da pauta de votação da sessão da próxima segunda-feira (27). Com isso, foi por água abaixo a possibilidade de o presidente Rodrigo Falsetti (Cidadania) ter colocado em votação o projeto do Executivo que prevê alteração na lei que autorizou o município a emprestar R$ 29 milhões da Caixa Econômica Federal para as obras de mobilidade urbana. O projeto continua nas comissões aguardando liberação para ser votado e o recado foi dado: “Esse presidente aqui não aceita pressão e aqui já não é mais o quintal do Executivo. As coisas mudaram”, avisou Rodrigo Falsetti.

 

Cargos

Os vereadores aprovaram na sessão de quarta-feira (22) projeto enviado pelo Executivo que cria 17 novos empregos públicos da função de técnico de enfermagem. O projeto altera a quantidade de empregos da categoria. A votação foi unânime e os vereadores aproveitaram para cobrar que a Prefeitura reforce as equipes de saúde para atendimento da população durante a pandemia. A Prefeitura já informou que irá contratar funcionários por meio do Consórcio Intermunicipal 9 de Abril, mas ainda não divulgou números nem para quais unidades os profissionais serão enviados.

Previous post

Kits de alimentos começaram a ser entregues

Next post

SOV pede o corte de todos os eucaliptos às margens da ETE