Home»Opinião»Tome Nota da edição de sábado, dia 3

Tome Nota da edição de sábado, dia 3

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Irritadas

Não chamem as auxiliares de educação inclusiva e o prefeito Walter Caveanha (PTB) para uma mesma reunião. As auxiliares foram reconhecidas pela Justiça do Trabalho como profissionais do magistério e, desde o início de sua gestão, o prefeito vem apresentando recursos para protelar o processo delas. A categoria entrou na Justiça contra a Prefeitura, a fim de serem reconhecidas como integrantes do magistério e para terem o direito ao piso nacional. Recentemente, as auxiliares venceram na última instância, em Brasília, e, mais uma vez, a Administração Municipal apresentou recurso protelatório. Mais um assunto para ser resolvido pelo próximo prefeito.

Apoio

Por já saberem que o processo está em vias de ser encerrado, as auxiliares decidiram se reunir com os candidatos a prefeito, a fim de terem um compromisso de que o município irá acatar a decisão da Justiça do Trabalho. O primeiro que recebeu as auxiliares de educação inclusiva foi o candidato a prefeito Marçal Georges Damião (Solidariedade). Ao lado do candidato a vice-prefeito professor Edson Domingues (Podemos), o candidato ouviu as reivindicações e disse ser favorável à categoria. O próximo a se reunir com as auxiliares será o candidato a prefeito Alex Tailândia (Republicanos), na segunda-feira (5).

Nas ruas

Os seis candidatos a prefeito estão enfrentando o sol escaldante dos últimos dias para pedir voto nos bairros da cidade. Até carreata teve no primeiro dia de propaganda eleitoral. Apesar do reforço das redes sociais, nada substitui o famoso o tête-à-tête com o eleitor. Alguns candidatos saíram na frente e já começaram a distribuir durante as visitas material impresso com as propostas defendidas. Já outros grupos atrasaram essa confecção e a primeira semana ficou um pouco comprometida. Numa corrida eleitoral, cada segundo é importante para o candidato conquistar o voto do eleitor.

Oposição

Enquanto a Prefeitura coloca em andamento projetos e obras aguardadas, a oposição aumenta o tom das críticas, principalmente os vereadores. Para eles, as obras anunciadas nesta reta final de mandato são eleitoreiras. Eles citam a reabertura da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Jardim Santa Marta, a iluminação da Chácaras Alvorada e as obras antienchentes na região do Jardim Santa Terezinha. Todas as intervenções são importantes, com certeza, mas as carências são antigas e não precisava deixar tudo para a última hora.

Previous post

Pedido de impugnação de Dr. Denis é apresentado

Next post

Anabolizantes: DIG prende homem que vendia medicamentos ilegais