Home»Opinião»Tome Nota da edição deste sábado, 21

Tome Nota da edição deste sábado, 21

0
Shares
Pinterest WhatsApp

UPA

A Prefeitura já havia feito planos para a reabertura da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) para abril. Porém, os planos podem mudar, principalmente porque o foco, agora, são as ações de prevenção contra o novo coronavírus. Uma ideia já foi dada ao prefeito Walter Caveanha (PTB) pelo presidente da Câmara, Rodrigo Falsetti (sem partido). Que a Prefeitura use o prédio da UPA para atender somente os pacientes que apresentarem sintomas de gripe. Um ofício foi encaminhado ao prefeito nesta semana e, internamente, o assunto já estava sendo discutido pelo Poder Público.

 

Rotina

A Prefeitura e a Câmara alteraram a rotina por conta do Codiv-19 e não estão descartadas outras alterações. Reuniões e análise do cenário local e regional são feitas diariamente, inclusive aos finais de semana. O primeiro decreto do prefeito suspendendo as aulas foi publicado no final de semana passado e, por isso, novas medidas de atendimento ao público no Paço Municipal e também na Câmara podem ser tomadas a qualquer momento. A ideia é dar o exemplo e não promover aglomeração.

 

Eleição

Até o processo eleitoral pode ser prejudicado por conta da pandemia em que o país vive. O assunto já é amplamente discutido e algumas possibilidades estão sendo sugeridas pelo Congresso Nacional, como o adiamento das eleições municipais. Porém, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sinalizou, nesta semana, que não deve, por enquanto, mudar o calendário eleitoral e o plenário da Corte decidiu que não é possível alterar a data-limite para filiação a um partido político mesmo por causa da crise do coronavírus. Então, o prazo se encerra no dia 4 de abril.

 

Bastidores

Por conta de todo esse novo cenário, os grupos políticos terão que traçar novas estratégias, principalmente porque ainda não se sabe quanto tempo irão permanecer as restrições. Apesar disso, as reuniões e as discussões visando o pleito continuam. Nesta semana, por exemplo, duas notícias movimentaram o cenário local: o empresário André Bueno assinou sua ficha de filiação junto ao MDB e o ex-prefeito Hélio Miachon Bueno (MDB) foi visto almoçando com o também empresário Marcos Antonio (PSD). Marcos tem sido pressionado a lançar sua candidatura a prefeito.

Previous post

Cinemark e Cineflix fecham suas salas em Mogi Guaçu

Next post

Decreto municipal libera apenas barracas de hortifrutigranjeiros