Home»Destaque na Home»TSE avalia estender votação e reservar horário a idosos

TSE avalia estender votação e reservar horário a idosos

O ministro Luís Roberto Barroso falou sobre o assunto, nesta semana

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Da Redação

O ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), afirmou na última quarta-feira (5) que o tribunal estuda a possibilidade de estender a votação das eleições deste ano em pelo menos uma hora em razão da pandemia do coronavírus, para evitar aglomerações. Outra hipótese analisada é a de reservar o horário de 8h às 11h para a votação de pessoas com mais de 60 anos, consideradas grupo de risco para Covid-19.

As ideias são avaliadas com base em levantamento do setor de estatística da Corte, e a expectativa é que essa definição ocorra ainda em agosto, segundo o ministro. “Nós ainda não batemos o martelo. O que fizemos foi solicitar um estudo ao setor de estatística para calcularmos a saturação de cada uma das seções eleitorais no sentido de impedir a formação de filas e aglomerações”, afirmou Barroso.

As eleições municipais ocorrerão no dia 15 de novembro e os Cartórios Eleitorais de todo o país aguardam uma definição sobre o horário de votação e outros protocolos de segurança. “Nós imaginamos nas próximas semanas, provavelmente ainda no mês de agosto, termos uma definição do horário, sendo que muito possivelmente nós estenderemos em uma hora pelo menos o horário de votação, que seria de 8h às 18h, e muito possivelmente nós reservaremos o primeiro horário para os que tem mais de 60 anos e são considerados grupo de risco. Não estou confirmando isso porque nós temos uma consultoria técnica para fazermos”, adiantou o ministro.

 

Previous post

Mais de 1.700 casos de dengue são confirmados

Next post

Movimento e vereadores querem ouvir ao COE