Home»Destaque na Home»Vigias trocam tiros com ladrões

Vigias trocam tiros com ladrões

Dois ladrões foram feridos

6
Shares
Pinterest WhatsApp

A tentativa de roubo ao Condomínio Residencial Jequitibás, em Mogi Mirim, à meia-noite e meia de domingo (15) resultou em dois ladrões feridos. Segundo relatado pelos policiais militares Souza e Ruffo, três homens foram surpreendidos pelos vigilantes do residencial em uma casa em construção.

Uma moradora desconfiou de que houvesse alguém na obra e interfonou para os vigilantes. Dentro do imóvel havia três homens encapuzados.

Ao ficarem frente a frente com os vigilantes do condomínio, um deles jogou ao chão o simulacro (arma de brinquedo) de pistola, enquanto outro sacou o revólver calibre 38 e começou a atirar. Os vigilantes disseram que foram ao todo seis disparos e que eles efetuaram dois.

Um tiro atingiu a cabeça e a perna de um dos homens encapuzados. Nisso a Polícia Militar chegou e acionou socorro para o homem ferido. Havia com o trio uma mochila com touca ‘ninja’, 12 fitas de nylon (usada para lacre/amarração), além de boné, chinelo e uma camisa.

O ajudante Lucas Damasio da Silva, 24 anos, morador do Jardim Silvânia, foi preso em flagrante. O jardineiro Laio Henrique Valverde da Costa, 29 anos, foi levado inconsciente para a Santa Casa de Mogi Mirim e o servente Diego Pinheiro Gonçalves, 25 anos, foi levado sedado. Ambos residem no bairro Santa Clara e estão com escolta policial.

Previous post

GAZETA GUAÇUANA, 14 de janeiro de 2017

Next post

Ladrão é morto por guarda durante assalto