Home»Polícia»Vítimas são rendidas e trancadas dentro de casa

Vítimas são rendidas e trancadas dentro de casa

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Nos últimos dois dias, a Guarda Civil Municipal registrou dois roubos a residência que foram cometidos por criminosos armados e encapuzados. O caso mais recente aconteceu na manhã desta quarta-feira (8), no Jardim Camargo. A vítima, o secretário municipal da Fazenda, Roberto Simoni, de 72 anos, relatou à GCM que por volta das 07h00 estava em sua casa e, quando abriu a porta da cozinha para sair no quintal, foi surpreendido por dois homens encapuzados com os quais entrou em luta corporal.

Em seguida, ele foi rendido e levado para dentro do imóvel, onde teve as mãos e os pés amarrados, além da boca amordaçada com uma fita. A vítima contou que um dos criminosos estava armado com um revólver pequeno e outro com uma faca também pequena. Os criminosos pediram dinheiro e fugiram levando R$ 3 mil, dois celulares, um carro Fiat/Siena cinza que tinha em seu interior documentos do veículo e documentos pessoais da vítima, além de uma carteira e talão de cheque.

O comandante Adorno da Costa, Inspetor Santana e GCM Anselmo tentaram localizar os ladrões. Porém eles, não foram encontrados. O carro Fiat/Siena cinza foi localizado abandonado na Avenida José Rodrigues Neto, a Avenida das Torres, no bairro Cercadinho. Dentro do automóvel foram localizados R$ 800 e alguns cartões bancários. O valor e os cartões, assim como o carro, foram devolvidos a vítima.

 

Outro

Na última terça-feira (7), dois jovens de 21 anos também foram abordados dentro de casa por criminosos. O roubo aconteceu por volta das 23 horas, no Jardim Ypê III. De acordo com as vítimas, três homens encapuzados pularam o muro da residência e anunciaram o assalto, sendo que um deles portava uma arma de fogo tipo revólver. Os criminosos queriam dinheiro, mas as vítimas disseram que não tinham valor algum.

Com isso, os dois jovens foram trancados no banheiro enquanto os assaltantes vasculhavam toda a casa. Eles fugiram do local levando dois veículos, um de cada vítima, sendo uma motocicleta e um Chevrolet/Montana que foi localizado depois na SP-340 próximo a International Paper.

A Polícia Militar informou aos guardas civis Edinaldo e Carlos Borges que o condutor do carro roubado havia batido na lateral de outro veículo de passeio. Com isso, o carro foi parar no canteiro central e o motorista fugiu a pé em direção a uma mata, não sendo mais encontrado.

Previous post

Guaçu já tem transmissão comunitária do novo coronavírus

Next post

Especial de Aniversário: Infância às margens da linha férrea